Ministro da Saúde anuncia aumento do repasse para o Hospital da Posse

29/04/2019 15h47

A convite da deputada federal Rosangela Gomes (PRB-RJ), o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta e o Secretário Nacional de Atenção à Saúde, Francisco de Assis Figueiredo, estiveram no Rio de Janeiro nesta sexta-feira (26) para uma reunião com a parlamentar e com outras autoridades para tratar sobre o aumento do repasse ao Hospital Geral de Nova Iguaçu, conhecido como Hospital da Posse e à maternidade iguaçuana Mariana Bulhões. A agenda aconteceu no Núcleo Estadual de Saúde do Rio de Janeiro e contou com a presença do Prefeito de Nova Iguaçu, Rogério Lisboa, do Secretário Estadual de Saúde, Edmar Santos, do Secretário municipal de Saúde de Nova Iguaçu, Manoel Barreto de Souza, do Diretor do Hospital da Posse, Dr. Joé Sestello e do Dr. Hildoberto Carneiro.

A reunião foi muito produtiva e trouxe ótimas notícias para a população de toda Baixada Fluminense que depende do Hospital da Posse e da maternidade Mariana Bulhões. Na ocasião foi assinado um convênio que aumentará gradativamente o aumento do repasse para o Hospital da Posse, que era Federal e foi municipalizado em 2012. Atualmente, o Hospital da Posse necessita de R$ 20 milhões para seu custeio mensal, o que é feito com R$ 8,6 milhões do Governo Federal, R$ 1,5 milhão do Governo Estadual e em torno de R$ 9,9 milhões do município. Com a assinatura do convênio ficou acordado que a União arcará com o repasse de 65% do orçamento mensal, ou seja, R$ 13 milhões; o estado do Rio com 25%, R$ 5 milhões; e o município com 10%, R$ 2 milhões.

O ministro Mandetta ainda garantiu que o Governo Federal investirá em novos equipamentos para as unidades. Por sua vez, o Secretário Estadual de Saúde, Edmar Santos, afirmou que o estado viabilizará obras de infraestrutura no Hospital da Posse.

Rosangela Gomes relembrou que esta é uma antiga luta dela pela cidade de Nova Iguaçu. “Fico muito feliz que as muitas idas ao Ministério da Saúde ao longo dos últimos cinco anos tenham surtido esse resultado importantíssimo. Agradeço a todos os envolvidos que nos ouviram e nos atenderam. Temos a convicção que será a população iguaçuana e da Baixada Fluminense os beneficiados. Que Deus continue abençoando esse time para que novas conquistas como essa chegue a Nova Iguaçu”, disse.

Com o aumento do repasse dos Governos Federal e Estadual, a parcela de investimento da Prefeitura será reduzida significativamente, o que possibilitará o investimento do município em outras áreas, como por exemplo na reabertura de postos de saúde, na Atenção Básica de Saúde e na compra de insumos. O prefeito de Nova Iguaçu, Rogério Lisboa, agradeceu a todos e principalmente a deputada Rosangela Gomes e a bancada do PRB que têm se dedicado muito com diversas agendas em Brasília para viabilizar esta conquista.

Para o Diretor do Hospital da Posse, Joé Sestello a assinatura do convênio é a maior ganho do município na área de saúde dos últimos 10 anos. “Esta foi a reunião mais bem produtiva entre o Ministério da Saúde, o governo do Estado e o município nos últimos 10 anos. Esta mudança é um ganho extraordinário para a população iguaçuana. Estamos todos muito empolgados com essas melhorias para o Hospital da Posse, desde a diretoria até os pacientes e funcionários. Serão mais de 4 milhões de habitantes atendidos”, afirmou.

Ascom

Ações do documento