Dados referentes ao ANO 2020

Apresentamos aqui quatro tabelas e respectivos gráficos com os quantitativos de pessoas com deficiência que trabalham na Câmara dos Deputados, agrupados por categoria funcional, tipo de deficiência, órgão de lotação e localização física. Os dados coletados referem-se ao ANO de 2020 que foram consolidados pela Coordenação de Acessibilidade em janeiro de 2021; e estão subnotificados pelos motivos expostos na seção Limitações do levantamento de dados:

Tabela 1 – Quantitativo de pessoas com deficiência que trabalham na Câmara dos Deputados por categoria funcional. Dividida em três colunas: categoria funcional, quantitativo e percentual de pessoas com deficiência. Categoria funcional: Deputados, servidores efetivos, cargos de natureza especial (CNE), secretários parlamentares (SP), estagiários, jovens aprendizes (pró-adolescentes) e terceirizados. Do universo de 107 pessoas com deficiência, 10 ou 9% são Deputados, 68 ou 63% são servidores efetivos, 2 ou 2% são CNE, 4 ou 1% são SP, 1 ou 1% são estagiários, 2 ou 2% são jovens aprendizes e 20 ou 19% são terceirizados.

 Gráfico 1- Quantitativo de pessoas com deficiência que trabalham na Câmara dos Deputados por categoria funcional. Pizza colorida com os quantitativos e percentuais de pessoas com deficiência por categoria que trabalham na Câmara dos Deputados conforme dados da Tabela 1.

 Tabela 2 – Quantitativo de pessoas com deficiência que trabalham na Câmara dos Deputados por tipo de deficiência. Três colunas divididas em tipo de deficiência, quantitativo e percentual de pessoas com deficiência. Do total de 107 pessoas: 52 ou 48% têm deficiência física, 33 ou 31% têm deficiência visual, 18 ou 17% têm deficiência auditiva, 3 ou 3% têm deficiência intelectual e 1 ou 1% têm deficiência múltipla.

 Gráfico 2 – Quantitativo de pessoas com deficiência que trabalham na Câmara dos Deputados por tipo de deficiência. Pizza colorida com os quantitativos e percentuais por tipo de deficiência de pessoas com deficiência que trabalham na Câmara dos Deputados conforme dados da Tabela 2.

Tabela 3 – Quantitativo de pessoas com deficiência que trabalham na Câmara dos Deputados por órgão de lotação. Três colunas distribuídas em órgão de lotação, quantitativo e percentual de pessoas com deficiência. Do total de 107 pessoas, temos na Vice-Presidência, ACESS, APROGE, CONOF, DEAPA, DEMAP e SECIN temos uma ou 0,9% PcD em cada. No CEFOR, COHAB, DEFIN, DG, DIRAD, DITEC e Pró-Saúde temos duas ou 1,9% em cada. DEMED e SGM três ou 2,8%. CEDI: 4 ou 3,7%. DEPES e DEPOL: 5 ou 4,7%. DECOM: 7 ou 6,5%. SECOM: 8 ou 7,5%. CONLE: 9 ou 8,4%. Lideranças Partidárias: 11 ou 10,3%. Gabinetes parlamentares: 14 ou 13,1%. E DETEC: 17 ou 15, 9%.

 Gráfico 3 – Quantitativo de pessoas com deficiência por órgão de lotação.  Gráfico de barras horizontais na cor verde com os quantitativos de pessoas com deficiência que trabalham na Câmara, por órgão de lotação, conforme consta na Tabela 3.

Tabela 4 – Quantitativo de pessoas com deficiência por localização. Três colunas distribuídas em localização, quantitativo e percentual de pessoas com deficiência. Edifício Principal trabalham 11 pessoas ou 10,3%, Anexo I: 19 ou 17,8%, Anexo II: 20 ou 18,7%, Anexo III: 21 ou 19,6%, Anexo IV: 27 ou 25,1%, CEFOR: 2 ou 1,9%, CETEC Norte: 2 ou 1,9%, CEAM SAI: 3 ou 2,8%, Quadras residenciais: 2 ou 1,9%. 

 Gráfico 4 – Quantitativo de pessoas com deficiência por localização. Gráfico de barras horizontais colorido com o quantitativo de pessoas com deficiência que trabalham na Câmara, por localização, conforme consta na Tabela 4.