CEDES RECEBE BANCO CENTRAL PARA REUNIÃO DO ESTUDO A DÍVIDA PÚBLICA BRASILEIRA

O grupo de estudo do Cedes “A DÍVIDA PÚBLICA BRASILEIRA: um novo estudo” recebe dois convidados do Banco Central nesta quinta-feira, 3/10, Fernando Alberto Rocha, Chefe do Departamento de Estatísticas, e Luiz Gonzaga de Queiroz Filho, Consultor do Departamento de Estatísticas, para debater a respeito da evolução do endividamento público brasileiro nos últimos 25 anos.
01/10/2019 17h00

 

CEDES RECEBE BANCO CENTRAL PARA REUNIÃO DO ESTUDO A DÍVIDA PÚBLICA BRASILEIRA

imagem dívida pública

 

O grupo de estudo do Cedes “A DÍVIDA PÚBLICA BRASILEIRA: um novo estudo” recebe dois convidados do Banco Central nesta quinta-feira, 3/10, Fernando Alberto Rocha, Chefe do Departamento de Estatísticas, e Luiz Gonzaga de Queiroz Filho, Consultor do Departamento de Estatísticas, para debater a respeito da evolução do endividamento público brasileiro nos últimos 25 anos.

O encontro, sob o comando dos relatores do estudo, deputado federal Félix Mendonça Júnior e deputado federal Denis Bezerra (PSB/CE), está marcado para 9h, na Sala de Reuniões da Mesa, Edifício Principal.

O estudo aprovado no colegiado do CEDES tem como objetivos principais atualizar os dados apresentados por estudo semelhante realizado pelo CEDES no ano de 2005, relatado, à época, pelo ilustre Dep. Félix Mendonça; identificar e apresentar os fatores condicionantes da evolução dos indicadores de endividamento público: DLSP, DBGG, DPMF etc.; identificar e apresentar os fatores condicionantes da evolução do estoque das “operações compromissadas”; identificar as principais “Regras Fiscais” trazidas pela legislação pátria e explicar porque não foram suficientes para se evitar o aumento do endividamento público brasileiro; compreender a sistemática de transferência de resultados entre o Banco Central do Brasil e o Tesouro Nacional, quantificar o fluxo de recursos entre tais entidades e o reflexo sobre a variação do endividamento público; compreender as mais recentes teorias associadas ao controle do endividamento público e à gestão da política monetária; identificar os grandes detentores da dívida pública; e analisar o papel do Congresso Nacional na fiscalização da dívida pública.

Dívida pública elevada implica maiores dispêndios com juros e encargos, comprometendo, por conseguinte, parcela considerável das receitas anuais do orçamento público, o que resulta em redução expressiva da capacidade de o Estado executar despesas discricionárias, em especial, os investimentos públicos.

A situação se torna mais alarmante quando se verifica que, desde o ano de 2014, as contas públicas apresentam déficits primários recorrentes, fator que alimenta ainda mais o crescimento da dívida pública.

Algumas temáticas centrais a serem desenvolvidas ao longo do estudo são: histórico do endividamento público no Brasil; fatores condicionantes do endividamento público brasileiro e sua evolução; política fiscal e o endividamento; gestão da política monetária e seus impactos no endividamento; alternativas teóricas disponíveis para a gestão da dívida pública e; possíveis aperfeiçoamentos institucionais e proposições legislativas.

O que é o Cedes?

O Centro de Estudos e Debates Estratégicos é um órgão técnico-consultivo, vinculado à Presidência da Câmara dos Deputados, composto por 23 parlamentares, os quais têm a atribuição de propor uma agenda de atividades e conduzir estudos estratégicos para o Brasil, desenvolvidos com o apoio da Consultoria Legislativa. O trabalho do Colegiado é dedicado a análise, discussão e prospecção de temas de caráter inovador ou com potencial de transformar as realidades econômica, política e social do nosso país.

Como resultado das atividades são produzidos e publicados documentos de alta densidade crítica e especialização técnica ou científica, trazem apensados Projetos de Lei e/ou indicações ao Poder Executivo. As publicações são distribuídas para os parlamentares, acadêmicos, gestores, especialistas afins com a matéria e organizações representativas da sociedade civil. Desde sua instalação em 2003, o CEDES tem contribuído para o aperfeiçoamento da atuação político-parlamentar, fortalecendo o papel do Poder Legislativo na interlocução de problemas de relevância social perante a população brasileira.

Em junho de 2019, foram aprovados temas de estudos tais quais: disparidades no custo das tarifas de energia elétrica no Brasil, atualização do estudo sobre dívida pública, atenção primária à saúde no Brasil e cidades inteligentes, para o biênio 2019/2020.

Desde sua instalação em 2003, já foram publicados 27 estudos, muitos dos quais já transformados em lei ou incorporados pelos governantes como Biodiesel, TV Digital, Políticas Públicas para Banda Larga e Pré- Sal.

As publicações do Cedes podem ser baixadas gratuitamente pelo link https://www2.camara.leg.br/a-camara/estruturaadm/altosestudos/publicacoes ou podem ser adquiridas no site livraria.camara.leg.br

 

Serviço

Reunião do Cedes “A DÍVIDA PÚBLICA BRASILEIRA: um novo estudo”

Dia: 3/10/2019 (quinta-feira)

Hora: 9h

Local: Sala de Reuniões da Mesa, Edifício Principal

 

Siga o Cedes pelas redes sociais:

 

Contato imprensa:  Juliana Fernandes Camapum (61- 984682098)

e Cristiane Campos de Freitas (61-99805-7898)

                                                   

                          Centro de Estudos e Debates Estratégicos

                 Câmara dos Deputados, Anexo III, Ala B, Salas 7, 9 e 11,

         Brasília - DF, CEP: 70160-900 / Tel.: (061) 3215-8625/3215-8627

Ações do documento