Televisão

 

A Rede Legislativa de TV é a primeira rede de televisão a se formar no Brasil com o recurso digital da multiprogramação, que possibilita o uso de um mesmo transmissor para quatro emissoras independentes.

A multiprogramação permite que o canal de 6MHz consignado ao Poder Legislativo federal transmita ao mesmo tempo, 24 horas por dia, as programações da TV Câmara federal, da TV Senado, da TV Assembleia estadual e da TV Câmara municipal.


A Rede Legislativa de TV está no ar em 53 cidades e reúne 61 emissoras. Clique para ver os canais:



Em implantação:

117 cidades:  Açailândia/MA, Acorizal/MT, Alagoinhas/BA, Anápolis/GO, Aracati/CE, Araçatuba/SP, Araguaína/TO, Arapiraca/AL, Arapongas/PR, Araraquara/SP, Araras/SP, Bacabal/MA, Balsas/MA, Barão de Melgaço/MT, Barreirinhas/MA, Bebedouro/SP, Bento Gonçalves/RS, Birigui/SP, Blumenau/SC, Bragança Paulista/SP, Breves/PA, Cabo Frio/RJ, Cachoeiro de Itapemirim/ES, Caicó/RN, Cajazeiras/PB, Cambé/PR, Campo Grande/MS, Campo Mourão/PR, Caraguatatuba/SP, Caruaru/PE, Castelo do Piauí/PI, Catanduva/SP, Catolé do Rocha/PB, Caxambu/MG, Caxias/MA, Caxias do Sul/RS, Concórdia/SC, Curitiba/PR, Divinópolis/MG, Dourados/MS, Erechim/RS, Feira de Santana/BA, Goianésia/GO, Guarabira/PB, Guaratinguetá/SP, Iguatu/CE, Ilhéus/BA, Imperatriz/MA, Ipatinga/MG, Itabuna/BA, Itacoatiara/AM, Itaituba/PA, Itapetininga/SP, Itu/SP, Jaraguá do Sul/SC, Jataí/GO, Joinville/SC, Juazeiro/BA, Lages/SC, Lençóis Paulista/SP, Limeira/SP, Linhares/ES, Lins/SP, Luís Eduardo Magalhães/BA, Macaé/RJ, Mafra/SC, Maricá/RJ, Maturéia/PB, Mirassol/SP, Mococa/SP, Monte Carmelo/MG, Monte Sião/MG, Mossoró/RN, Nova Cruz/RN, Nova Friburgo/RJ, Ourinhos/SP, Pará de Minas/MG, Paranaguá/PR, Paraty/RJ, Parnaíba/PI, Passo Fundo/RS, Paulo Afonso/BA, Pelotas/RS, Penápolis/SP, Petrolina/PE, Pinheiro/MA, Poços de Caldas/MG, Ponte Nova/MG, Porto Nacional/TO, Porto Seguro/BA, Porto Velho/RO, Presidente Prudente/SP, Resende/RJ, Rio de Janeiro/RJ, Rio Verde/GO, Rondonópolis/MT, Santa Cruz/RN, Santa Cruz do Sul/RS, Santa Rita/PB, Santa Rosa/RS, Santo Antônio de Jesus/BA, Santos/SP, São Borja/RS, São Carlos/SP, Sertãozinho/SP, Tangará da Serra/MT, Taubaté/SP, Teixeira de Freitas/BA, Teófilo Otoni/MG, Teresina/PI, Teresópolis/RJ, Timon/MA, Três Corações/MG, Tucuruí/PA, Ubá/MG, Vacaria/RS, Varginha/MG.

Outras 355 cidades aguardam a liberação de um canal.

 

*atualizado em 26/11/2019

 

 

Ações do documento