Presidente da CDHM manifesta solidariedade ao povo curdo

Leia a nota.
22/11/2019 12h13

Kurdishstruggle/Flickr/Creative Commons

Presidente da CDHM manifesta solidariedade ao povo curdo

NOTA PÚBLICA

 

O povo Curdo, a maior nação sem um Estado próprio, vem sofrendo um sem-número de ataques no último século. Sua população, de quase 30 milhões de pessoas, com mais de três mil anos de história, habita território que atravessa a fronteira de cinco países, a saber, Turquia, Síria, Iraque e Irã, além de uma pequena porção da Armênia. 

Recentemente o povo curdo presente no nordeste da Síria teve importância fundamental para a derrota do Estado Islâmico, com apoio norte-americano. Porém, desde que os Estados Unidos anunciaram sua retirada da região, a Turquia iniciou uma ofensiva contra os curdos. Os decorrentes impactos humanitários contra civis são dramáticos. Desde 9 de outubro, 300 mil mil foram deslocados e 72 foram mortos.

É inadmissível que o povo curdo seja vilipendiado em seus esforços por autodeterminação. Nos solidarizamos e denunciamos os sucessivos ataques, pois é dever de toda a comunidade internacional evitar uma limpeza étnica na região. A definição artificial de fronteiras após a Primeira Guerra Mundial não pode retirar o direito deste povo existir.

 

Brasília, 22 de novembro de 2019.

 

Deputado Helder Salomão

Presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias

Ações do documento