Comissão de Segurança Pública aprova convite a jornalista Glenn Greenwald

O jornalista será convidado para prestar esclarecimentos sobre vazamentos de conversas do Ministro Sérgio Moro e procuradores da operação Lava-jato
18/06/2019 18h15

CSPCCO

Comissão de Segurança Pública aprova convite a jornalista Glenn Greenwald

Reunião da CSPCCO

 Na tarde desta terça-feira (18), os Deputados da Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado (CSPCCO), aprovaram em reunião deliberativa, o Requerimento de nº 79 de 2019, de autoria do Deputado Daniel Silveira (PSL/RJ), para convidar o jornalista Glenn Greenwald, responsável pela divulgação de conversas vazadas do Ministro da Justiça Sérgio Moro e procuradores da operação Lava-jato, dentre eles o Senhor Deltan Dallagnol.

 Em sua fala de encaminhamento, o autor do requerimento, Deputado Daniel Silveira (PSL/RJ), reforçou que mantém a sua posição favorável em relação ao convite “peço aos colegas que votem a favor para que o jornalista venha, e que possamos conversar sobre as famigeradas mensagens” afirmou.

 Na reunião deliberativa também foram apreciadas e aprovadas outras nove proposições, dentre elas o Projeto de Lei de nº 6.315/2013, de autoria dos Deputados Keiko Ota e Capitão Augusto, relatado pelo Deputado Guilherme Derrite (PP/SP), que versa sobre a revogação do quarto parágrafo do artigo 33 da lei nº 11.343 de 2006 (Institui o Sistema Nacional de Políticas Públicas sobre Drogas – Sisnad), extinguindo a figura do tráfico privilegiado.

 O relator, Deputado Guilherme Derrite (PP/SP), defendeu em seu voto que o projeto é coerente ao que defende a Comissão de Segurança Pública, e que é preciso penas mais duras a traficantes “a manutenção do instituto do tráfico privilegiado apenas contribuirá para a continuidade do ingresso de jovens no tráfico de drogas, pulverizando a atividade em todas as cidades do país” completou.

 O Deputado Capitão Augusto (PL/SP), autor de um dos projetos apensados e Presidente da CSPCCO, discursou para defender o projeto e afirmar que “a questão do tráfico privilegiado acaba facilitando a vida dos traficantes [...] facilita demais a vida deles para arregimentar os soldados para a prática de entorpecentes por meio dessa brecha na lei” disse.

 Os detalhes da reunião podem ser verificados no site da Comissão, clicando em bit.ly/sitecspcco. Também é possível pesquisar as proposições em detalhes no seguinte link bit.ly/pesquisar-proposicoes.

 

 

 

Ações do documento