Parlamentares do Amazonas serão convidados para debater o Sínodo

O presidente da Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio e Serviços (Cdeics) da Câmara dos Deputados, Bosco Saraiva (Solidariedade/AM), defendeu a ampla participação de parlamentares do Amazonas na audiência pública que debaterá o Sínodo da Amazônia e a importância da Zona Franca de Manaus. “Não se pode tratar de um tema desta relevância sem a participação de representantes locais”, ressaltou o presidente.
04/09/2019 19h20

Com o tema “Sínodo da Amazônia e a relevância da Zona Franca de Manaus para a preservação ambiental e sobrevivência dos povos da floresta”, a audiência pública está prevista para ocorrer no próximo dia 11 de setembro, a partir das 10h, no Plenário 5 da Câmara dos Deputados.

O evento será realizado a pedido do presidente da Cdeics, Bosco Saraiva, às vésperas do Sínodo da Amazônia, o encontro dos bispos da Pan-Amazônia com o Papa Francisco, que ocorre em outubro no Vaticano. “O Sínodo se converte na principal oportunidade global para pensar a Amazônia, seus desafios e os modelos econômicos que precisamos para a preservação da biodiversidade, da floresta em pé, a exemplo da Zona Franca de Manaus”.  

Para isso, serão convidados os presidentes da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (ALE/AM), Josué Neto (PSD), e da Câmara Municipal de Manaus (CMM), Joelson Silva (PSDB), além dos presidentes das comissões de Indústria, Comércio e Zona Franca, Wilker Barreto (PODEMOS); de Direitos Humanos, Cidadania, Assuntos Indígenas e Legislação Participativa, Dermilson Chagas (PP); e de Empreendedorismo, Comércio Exterior e Mercosul, Adjuto Rodrigues Afonso (PDT).

Também será convidado o presidente da Comissão Episcopal para a Amazônia da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e da Rede Eclesial Pan-Amazônia (Repam), Cardeal Cláudio Hummes.  

Sínodo
Durante os dias 6 a 27 de outubro de 2019, no Vaticano, o Sínodo congregará os bispos da região Pan-Amazônica para debater o tema “Amazônia: novos caminhos para a Igreja e para uma ecologia integral”.

Audiências

Na reunião desta quarta-feira (04), também foram aprovadas a realização de duas novas audiências públicas. A primeira, vai reunir representantes do setor bancário para discutir a tarifa de intercâmbio cobrada pelas operadoras de cartões. Além desta, será realizada audiência para discutir a obrigatoriedade de adoção de medidas de restrição às importações de banana in natura.

Reportagem:

Michelle Portela 

Assessora de Imprensa - CDEICS

Ações do documento