Coordenadoras Adjuntas

Deputada Tereza Nelma - PSDB/AL

1ª Coordenadora Adjunta  

A deputada federal Tereza Nelma da Silva Porto Viana Soares (PSDB-AL) nasceu em Arapiraca-AL e tem uma trajetória de mais de 35 anos ligada à defesa dos direitos humanos Psicóloga e especialista em Educação Especial, lecionou na rede pública de ensino, onde desenvolveu sua militância pela causa das pessoas com deficiência. Dirigiu a Educação Especial da Secretaria de Educação de Alagoas. Nesse cargo, criou o Centro de Educação Especial Wandete Gomes de C astro, em 1994. Implantou também o Ensino Especial em Maceió e passou a lecionar Educação Especial nos cursos superiores do CESMAC.

Ela presidiu, por 10 anos, a Associação Pestalozzi de Maceió, transformando-a na maior e mais moderna do nordeste. Além de participar da fundação de 15 Pestalozzis em Alagoas.

Após vencer, pela terceira vez, o câncer, fundou em Maceió, em 2016, a Casa Rosa, como um compromisso de ajudar outras mulheres nessa batalha. Hoje, a casa já atendeu mais de 10 mil mulheres, oferecendo gratuitamente serviços preventivos de mastologia, ginecologia, fisioterapia e psiquiatria. Sem convênio com o SUS, prefeitura ou governo.

Vereadora por quatro mandatos pela Câmara Municipal de Maceió. No último mandato, presidiu a Comissão de Direitos Humanos. Em todas as eleições obteve resultados crescentes: em 2016 foi a vereadora mais votada, proporcionalmente, nas capitais brasileiras, com 15 mil votos.

Está em seu primeiro mandato como deputada federal. Dentro da Câmara dos Deputados, continua atuante na defesa das minorias. Além de Primeira Coordenadora Adjunta da Secretaria da Mulher, integra também a Comissão de Seguridade Social e Família, a Comissão de Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa, a Comissão dos Direitos da Mulher e a Comissão dos Direitos da Pessoa Idosa. Preside a Frente Parlamentar da Pessoa com Deficiência e coordena o Turismo Acessível, na Frente Parlamentar do Turismo.
Tereza já participou de vários eventos municipais, estaduais e nacionais, publicou artigos e o livro A construção das pessoas com deficiência.

 

Deputada Sâmia Bomfim - PSOL/SP

2ª Coordenadora Adjunta

Sâmia Bomfim é deputada federal pelo PSOL-SP. Elegeu-se com 249.887 mil votos, sendo a mais votada do partido e a oitava mais votada de todo o estado de São Paulo. Foi vereadora da capital paulista e começou sua atuação política no movimento estudantil. Formou-se em Letras na Universidade de São Paulo, trabalhou como professora de português em escolas e cursinhos e tornou-se servidora estadual na USP. 

A luta feminista é uma das principais bandeiras do mandato de Sâmia. Quando vereadora, entre outras medidas, ela aprovou a Lei 16.684, que obriga estabelecimentos públicos e privados do município de São Paulo a afixarem, em suas dependências, placas informativas sobre o Disque 180 - Disque Denúncia da Violência Contra a Mulher. 

Na Câmara dos Deputados, ela já apresentou diversos projetos de lei em defesa das mulheres, como o PL 850/2019 que amplia para todo o Brasil a obrigação das placas Dique 180 nos estabelecimentos, o PL 851/2019, que cria a campanha "Maria da Penha nas escolas" para que estudantes de escolas públicas e particulares de todo o País recebem informações sobre a lei Maria da Penha e o PL 852/2019, que cria a semana de conscientização dos direitos das gestantes a fim de combater a violência obstétrica e defender o pré-natal e o parto humanizado.

 

Dep. Tábata AmaralDeputada Tábata Amaral - PDT/SP

3ª Coordenadora Adjunta

Tabata Amaral tem 25 anos, é cientista política, astrofísica e deputada federal por São Paulo pelo PDT. Formada em Harvard, criou o Mapa Educação e é cofundadora do Movimento Acredito. Está em seu primeiro mandato e foi eleita com 264.450 votos. Trabalha por educação pública de qualidade, pelo direito das mulheres e diversidade na política.

 

Ações do documento