Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

15/05/2017 - 16h25

Câmara rejeita obrigatoriedade de instalação esportiva nas escolas

Cleia Viana /Câmara dos Deputados
Reformulação da Legislação do Esporte reunião de discussão e votação do Relatório Final. Dep. Andres Sanchez (PT-SP)
Andres Sanchez: projeto não prevê fonte de recursos para despesa permanente

A Comissão de Finanças e Tributação rejeitou na quarta-feira (10) o Projeto de Lei 1876/07, do deputado Geraldo Resende (PSDB-MS), que prevê quadras esportivas e vestiários em todas as escolas públicas e privadas de ensino fundamental e médio.

Como o texto foi rejeitado por incompatibilidade e inadequação financeira e orçamentária, ele será arquivado, a não ser que haja recurso contra a decisão apresentado por, pelo menos, 52 deputados.

Para o relator, deputado Andres Sanchez (PT-SP), o texto é incompatível com o orçamento por criar despesa obrigatória de caráter permanente, sem definir de onde virão os recursos. Sanchez também disse que o substitutivo da Comissão de Esporte também cria despesa obrigatória, sem os requisitos legais.

O substitutivo previa o acesso de todos os alunos dos níveis fundamental e médio, de escolas públicas e privadas, a instalações adequadas, em especial quadras desportivas, durante a educação física.

Íntegra da proposta:

Reportagem – Tiago Miranda
Edição – Sandra Crespo

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'