Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

  • Retorne o texto ao tamanho normal
  • Aumente o tamanho do texto

Navegação Global

Você está aqui: Página Inicial > Comunicação > Câmara Notícias > Assistência Social > Câmara analisa projeto que cria auxílio de até R$ 300 para mãe solteira carente
  • Compartilhar no Google+
28/02/2014 - 11h06

Câmara analisa projeto que cria auxílio de até R$ 300 para mãe solteira carente

A Câmara dos Deputados analisa o Projeto de Lei 6475/13, do deputado Marcelo Aguiar (DEM-SP), que garante auxílio de até R$ 300 à mãe solteira que não tiver condições de se sustentar. Esse auxílio, que será custeado com recursos do Orçamento Geral da União, poderá variar de acordo com o valor da renda constante da declaração de hipossuficiência da mãe solteira.

Diógenis Santos
Marcelo Aguiar
“A proposta busca auxiliar as mães solteiras em situação de miséria”, explica Aguiar.

“A ajuda financeira é um recurso de apoio significativo para muitas mães solteiras que são incapazes de prover o sustento de um filho sem a figura do pai e, por isso, necessitam desse auxílio governamental”, argumenta o deputado.

A proposta não prevê a periodicidade do benefício nem por quanto tempo ele será pago.

Tramitação
O projeto, que tramita em caráter conclusivo, será analisado pelas comissões de Seguridade Social e Família; de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Íntegra da proposta:

Reportagem – Natalia Doederlein
Edição – Marcos Rossi

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'



Comentários

Rafaela | 23/10/2014 - 12h57
Senhores Deputados , o que vejo aqui são muitas críticas de pessoas que definitivamente não necessitam desse auxílio. Sou mãe solteira e adolescente , tenho 18 anos , e infelizmente não estou nesse 'estado civil' por opção. Como eu , acredito que há muitas jovens decentes que gostariam de dar uma vida digna aos seus filhos. Sou mãe de uma menina de 4 meses , e por incrível que pareça , não arrumo um emprego , e não tenho com quem deixar minha filha para eu terminar meus estudos. É oque eu mais queria. O pai dela me abandonou ao vê-la nascer,resumindo , eu estava com ele e contava que ele fosse
Janete | 22/03/2014 - 21h46
RIDÍCULO!!!! O que nós precisamos é de EDUCAÇÃO!! REDUÇÃO DE IMPOSTOS!!! REDUÇÃO DE BUROCRACIA!!! REPRESENTANTES HONESTOS!! Já chega dessa infinidade de auxílio, pois isso não leva o país para frente, apenas nos deixa exatamente no mesmo lugar. Esse projeto NÃO MUDA EM NADA a situação do país, que é crítica. A gente não evolui pq o governo NÃO SABE USAR o poder que lhe é dado. O governo só sabe tapar o sol com peneira, acabar com o problema que é bom NADA NÉ? Cadê a ordem e cadê o progresso desse país? Simplesmente não existem, apenas constam escrito na bandeira nacional. LAMENTÁVEL!!!!!
LUCIO | 17/03/2014 - 15h55
O dinheiro dos impostos dos brasileiros não é lixo! Chega de dar boa vida a esta geração perdida. Esta passando da hora de se cobrar mais responsabilidades desta juventude. As jovens de hoje tem conhecimento o suficiente para evitar a gravidez. Se não o fazem é porque existem incentivos como a pensão alimentícia, e todo tipo de bolsa, por exemplo. Um sonoro NÃO, para proposta. Será que este país não tem problemas mais sérios aguardando uma solução. Ou será que esta tudo uma maravilha com o SUS, com a Educação e com a Segurança Publica. "E VIVA ESTA DEMOCRACIA".
  • Câmara Notícias
    Expediente
    Disque-Câmara: 0800 619 619

Mapa do Portal