Presidente da CREDN reúne-se com a embaixadora María Teresa Belandria

O presidente da Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional (CREDN), deputado Eduardo Bolsonaro (PSL/PR), encontrou-se, na manhã dessa quinta-feira, 23, com a embaixadora María Teresa Belandria, designada pelo presidente Juan Guaidó para tratar dos interesses da Venezuela no Brasil
24/05/2019 16h13

Alexandre Magno

Presidente da CREDN reúne-se com a embaixadora María Teresa Belandria

Brasília - O presidente da Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional (CREDN), deputado Eduardo Bolsonaro (PSL/PR), encontrou-se, na manhã dessa quinta-feira,  23, com a embaixadora María Teresa Belandria, designada pelo presidente Juan Guaidó para tratar dos interesses da Venezuela no Brasil.
A embaixadora agradeceu não somente o apoio dado pelo presidente da CREDN às pautas defendidas pelo governo de Guaidó, mas também o papel ativo que ele tem adotado  em relação ao regime de Nicolas Maduro. Nesse encontro, o presidente enfatizou que seguirá demonstrando aos parlamentares brasileiros a necessidade de exercerem pressão sobre Maduro, já que há flagrante desrespeito  por parte de seu regime aos direitos humanos e às instituições democráticas da Venezuela.
Além disso, ambos conversaram sobre a situação dos venezuelanos em Pacaraima, cidade fronteiriça localizada no estado de Roraima, onde esteve, recentemente, uma comitiva de parlamentares que integram a Comissão Externa para a Crise da Venezuela na Câmara dos Deputados, da qual o deputado Eduardo Bolsonaro faz parte. A embaixadora agradeceu o apoio do governo brasileiro e elogiou as Forças Armadas brasileiras, que organizou a Operação Acolhida, em Pacaraima. Essa operação é considerada fundamental no tratamento de necessidades básicas dos venezuelanos que fogem do regime de Maduro.
Por fim, o deputado Eduardo Bolsonaro mostrou-se disponível para cooperar no que for necessário com a embaixadora Belandria, a fim de fortalecer tanto o respeito aos direitos fundamentais quanto a democracia na Venezuela.

Ações do documento