General brasileiro irá comandar a Junta Interamericana de Defesa

O General de Divisão Luciano José Penna, atual chefe da Diretoria de Produtos Controlados, do Exército Brasileiro, foi eleito nesta terça-feira, 30, por unanimidade, presidente do Conselho de Delegados da Junta Interamericana de Defesa (JID).
31/10/2018 17h45

Exército Brasileiro

General brasileiro irá comandar a Junta Interamericana de Defesa

O General de Divisão Luciano José Penna é o que aparece prestando continência.

Brasília – O General de Divisão Luciano José Penna, atual chefe da Diretoria de Produtos Controlados, do Exército Brasileiro, foi eleito nesta terça-feira, 30, por unanimidade, presidente do Conselho de Delegados da Junta Interamericana de Defesa (JID), principal mecanismo regional de diálogo de segurança e defesa do hemisfério e órgão de assessoramento da Organização dos Estados Americanos (OEA).

Para o presidente da Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional (CREDN) da Câmara dos Deputados, “a eleição do General Luciano reforça o prestígio das Forças Armadas brasileiras no contexto internacional. Trata-se de um reconhecimento à qualidade e ao perfil dos nossos militares”, afirmou.

A Junta Interamericana de Defesa, é importante destacar, foi criada no Rio de Janeiro durante a Terceira Reunião de Consulta dos Ministros das Relações Exteriores das 21 Repúblicas Americanas, que então integravam a União Pan-Americana, em janeiro de 1942.

Em março de 2006, após completar 64 anos de fundação, a JID passou a ser uma entidade da OEA tendo como missão “proporcionar à Organização dos Estados Americanos e aos seus Estados membros, serviços de assessoramento técnico, consultivo e educacional em temas relacionados com assuntos militares e de defesa no Hemisfério, a fim de contribuir para o cumprimento da Carta de Direitos Humanos da entidade.

Segundo Nilson Pinto, “as Forças Armadas brasileiras têm dedicado especial atenção à Diplomacia Militar, uma estratégia fundamental para a geração de confiança e a cooperação entre as diferentes instituições castrenses do nosso continente. Acredito que essa postura será fortalecida na JID em benefício do entendimento, do diálogo e do desenvolvimento regional”, concluiu o parlamentar.

 

 

Jornalista responsável: Marcelo Rech

E-mail: marcelo.rech@camara.leg.br

Telefone: 61 3216 6737

www2.camara.leg.br/credn

https://www.facebook.com/crednoficial

https://twitter.com/credena

Ações do documento