Embaixador da França reconhece papel do Congresso nas relações bilaterais

Brasília – O Embaixador da França no Brasil, Michel Miraillet, reconheceu nesta terça-feira, 26, a importância do Congresso nas relações bilaterais e manifestou o seu apoio à reinstalação do Grupo Parlamentar Brasil – França que, segundo ele, “irá contribuir muito com a parceria estratégica firmada entre os dois países e que é responsável pelo avanço de grandes projetos como dos submarinos e helicópteros”. O grupo será presidido pelo deputado Vinicius Carvalho (PRB-SP).
26/02/2019 17h40

Edilson Holanda

Embaixador da França reconhece papel do Congresso nas relações bilaterais

De acordo com o deputado, “ao longo dos últimos anos, Brasil e França vêm trabalhando, com êxito, no aprofundamento de uma parceria caracterizada por grande dinamismo e ampla agenda nos campos do comércio, energia, ciência e tecnologia e defesa. É nosso propósito impulsionar essa agenda e consolidar o relacionamento bilateral”, afirmou. 

Enquanto aos investimentos franceses no Brasil, este vem se dando nos setores do comércio varejista, eletricidade, farmacêutico, telecomunicações, automóveis, alimentos, metalurgia, defesa e tecnologia da informação. “Além disso, praticamente todos os principais grupos franceses dos setores de defesa e alta tecnologia encontram-se implantados no Brasil ou em vias de ampliar investimentos locais e associações com parceiros nacionais. Entre eles, a DCNS (defesa naval); Thales (eletrônica de defesa e espaço); SAFRAN (motores e equipamentos de defesa aeroespaciais), DASSAULT (aviões de caça) e a Airbus Military (aviões de transporte militar), entre outras”, assinalou Vinicius Carvalho. As empresas francesas empregam cerca de 500 mil pessoas em suas unidades no Brasil. 

Michel Miraillet observou ainda o grande interesse da comunidade internacional na participação do Brasil em missões de paz sob mandato das Nações Unidas. Segundo ele, “o Brasil tem protagonismo quanto à Segurança Internacional. O mundo precisa da presença do Brasil e os parlamentares são aqueles que poderão não apenas influenciar nesta decisão, mas discutir e autorizar o envio de tropas, por exemplo”, explicou. 

Vinicius Carvalho lembrou ainda que, além dos laços históricos, os dois países compartilham fronteira terrestre com mais de 700 km de extensão, situada entre o Amapá e o Departamento francês da Guiana – havendo potencial para maior integração da Guiana Francesa com a região Norte do Brasil. 

Nas próximas semanas, o grupo deverá reunir-se para discutir uma agenda de trabalho a ser desenvolvida ao longo de 2019. Entre os temas a serem priorizados está a cooperação em defesa, energia, clima, educação e cultura. Os deputados deverão discutir ainda a promoção da língua francesa nas escolas brasileiras e a ampliação da cooperação universitária bilateral que, neste ano, completa 40 anos. 

Também participaram da instalação do grupo os deputados Márcio Marinho (PRB-BA), Rodrigo Coelho (PRB-SC), Professor Luizão Goulart (PRB-PR), Cláudio Cajado (DEM-BA), Flávia Arruda (PR-DF), Julio Cesar Ribeiro (PRB-DF), Antonio Brito (PSD-BA), Roberto Alves (PRB-SP), Carlos Zarattini (PT-SP), e Rubens Bueno (PPS-PR).

 

 

Jornalista responsável: Marcelo Rech

E-mail: marcelo.rech@camara.leg.br

Telefone: 61 3216 6737

www2.camara.leg.br/credn

https://www.facebook.com/crednoficial

https://twitter.com/credena

Ações do documento