Eduardo Bolsonaro recebe a Ordem do Rio Branco e destaca a importância da Diplomacia

O presidente da Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional (CREDN) da Câmara dos Deputados, Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), foi agraciado nesta sexta-feira, 3, com a Ordem do Rio Branco, insígnia que reconhece a atuação de brasileiros e estrangeiros nas mais diversas áreas
03/05/2019 16h50

Edilson Holanda

Eduardo Bolsonaro recebe a Ordem do Rio Branco e destaca a importância da Diplomacia

 

Brasília – O presidente da Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional (CREDN) da Câmara dos Deputados, Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), foi agraciado nesta sexta-feira, 3, com a Ordem do Rio Branco, insígnia que reconhece a atuação de brasileiros e estrangeiros nas mais diversas áreas. Em seu segundo mandato como deputado federal, o presidente da CREDN destacou a importância da Diplomacia para o fortalecimento do Brasil como protagonista internacional.

O evento marcou a formatura da turma 2017-2019 do Instituto Rio Branco, composta de 30 diplomatas, aos quais se somam sete da Argentina, Cazaquistão, Guiné Bissau, Japão, Moçambique e Timor Leste. A patrona escolhida é Aracy de Carvalho Guimarães Rosa, conhecida como o “Anjo de Hamburgo”, por ter salvo a vida de dezenas de judeus, aprovando seus pedidos de visto ao Brasil, durante a Segunda Guerra Mundial.

Por seu gesto de humanidade, Aracy foi reconhecida como “Justa entre as Nações”, título conferido pelo Museu do Holocausto, em Jerusalém, aos não-judeus que arriscaram sua vida na Segunda Guerra.

“A diplomacia é fundamental para qualquer país. A arte de resolver conflitos e defender o interesse nacional por meio do diálogo e da negociação é própria dos diplomatas. Além disso, a diplomacia brasileira é reconhecida em todo o mundo por sua excelência e pelos resultados tangíveis”, afirmou o presidente da CREDN.

De acordo com o Itamaraty, o Dia do Diplomata relembra o nascimento do Barão do Rio Branco, patrono da diplomacia brasileira, e compreende a formatura de Diplomatas do Instituto Rio Branco (IRBr) e a cerimônia de imposição de insígnias da Ordem de Rio Branco.

Na cerimônia realizada no ministério das Relações Exteriores, Eduardo Bolsonaro aproveitou para reforçar a decisão adotada pelo Presidente da República de assegurar os recursos para os próximos concursos públicos da carreira diplomática, um a ser realizado ainda em 2019.

“O Governo brasileiro está dando um novo curso à nossa Política Exterior e para que o Brasil logre êxito no concerto das Nações, necessitamos de mais diplomatas, altamente qualificados e dispostos a trabalhar em defesa do Estado brasileiro”, explicou.

Os vice-presidentes da CREDN, Luiz Philippe de Orleans e Bragança (PSL-SP) e Marcel Van Hattem (NOVO-RS), o ex-presidente da Comissão, Nilson Pinto (PSDB-PA), o deputado Hélio Lopes (PSL-RJ) e o Secretário-Executivo da CREDN, Edilson Holanda, também foram homenageados com a comenda.

 

 

Jornalista responsável: Marcelo Rech

E-mail: marcelo.rech@camara.leg.br

Telefone: 61 3216 6737

www2.camara.leg.br/credn

https://www.facebook.com/crednoficial

https://twitter.com/credena

Ações do documento