CREDN aprova a realização de audiência pública para debater a atual questão geopolítica envolvendo a tecnologia 5G no mundo e seus impactos para o Brasil

A Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional (CREDN) aprovou, em 9 de outubro de 2019, o Requerimento 130/2019, de autoria do deputado Eduardo Bolsonaro, que “requer a realização de audiência pública para debater a atual questão geopolítica envolvendo o 5G no mundo e seus impactos para o Brasil”.
10/10/2019 19h45

Vinicius Loures/Câmara dos Deputados

CREDN aprova a realização de audiência pública para debater a atual questão geopolítica envolvendo a tecnologia 5G no mundo e seus impactos para o Brasil

Participarão do debate os senhores Leonardo Euler Morais, Presidente da ANATEL; Carlos Lauria , Diretor de Relações Governamentais e Assuntos Regulatórios da Huawei do Brasil; Francisco Soares, Diretor de Assuntos Governamentais da Qualcomm Brasil; Tiago Machado, Diretor de Relações Governamentais da Ericsson Telecomunicações S/A; entre outros.
Segundo o requerimento em tela, “nessa aparente Guerra Fria envolvendo a tecnologia 5G, os blocos ainda não estão muito definidos. Os governos da Austrália, da Nova Zelândia, do Canadá e do Japão se alinharam com os Estados Unidos. A União Europeia, no entanto, não tem uma posição única. Nesse cenário, é necessário compreender as implicações dessa Guerra Fria para o Brasil, avaliando e analisando cenários, tendências e interesses que possam impactar na adoção do 5G pelo País”.

 


Texto: Diego Araujo Campos

Ações do documento