CREDN apoiará candidatura brasileira para o Tribunal Internacional do Direito do Mar

O presidente da Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional (CREDN), Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), informou nesta quarta-feira, 24, que submeterá ao Colegiado, Moção de Apoio à candidatura brasileira do professor Rodrigo Fernandes More, para o Tribunal Internacional do Direito do Mar
25/04/2019 15h00

Alexandre Magno

CREDN apoiará candidatura brasileira para o Tribunal Internacional do Direito do Mar

Brasília – O presidente da Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional (CREDN), Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), informou nesta quarta-feira, 24, que submeterá ao Colegiado, Moção de Apoio à candidatura brasileira do professor Rodrigo Fernandes More, para o Tribunal Internacional do Direito do Mar. As eleições serão realizadas em junho de 2020 para duas vagas.

Bolsonaro reuniu-se com Rodrigo More com quem discutiu a importância de o Brasil apresentar um nome para a corte. A principal atribuição do Tribunal diz respeito à solução pacífica de controvérsias relacionadas à implementação e aplicação da Convenção do Direito do Mar.

More possui 28 anos de experiência como consultor e advogado em transporte marítimo, direito marítimo e direito do mar, tendo trabalhado em casos judiciais, arbitrais e negociações em 15 países, cobrindo todos os continentes e sistemas jurídicos distintos.

Atuou ainda como consultor jurídico da Comissão sobre os Limites da Plataforma Continental e nos últimos 23 anos tem ensinado Direito Internacional, Direito do Mar, Direito da Pesca, e Direito Aplicado à Bioprospecção Marinha, entre outros assuntos relacionados ao mar.

 

 

Jornalista responsável: Marcelo Rech

E-mail: marcelo.rech@camara.leg.br

Telefone: 61 3216 6737

www2.camara.leg.br/credn

https://www.facebook.com/crednoficial

https://twitter.com/credena

Ações do documento