CLP DEBATE A PERSPECTIVA DE EXTINÇÃO DO SERVIÇO SOCIAL NO INSS

A Comissão de Legislação Participativa realiza, nesta terça feira (26/09), audiência pública para debater a perspectiva de extinção do Serviço Social no INSS. O “Serviço Social no INSS” possui 73 anos de existência, criado no governo Getúlio Vargas.A audiência acontece em plenário a definir no Anexo II, da Câmara dos Deputados, em Brasília.
22/09/2017 17h15

A Comissão de Legislação Participativa realiza, nesta terça feira (26/09), audiência pública para debater a perspectiva de extinção do Serviço Social no INSS. O “Serviço Social no INSS” possui 73 anos de existência, criado no governo Getúlio Vargas.

Esse serviço é realizado por centenas de assistentes sócias nas agências do INSS. Estes profissionais atendem milhares de pessoas todos os dias para informá-los sobre os seus direitos e sobre as formas de obtê-los, como por exemplo benefícios previdenciários e o BPC. Diante dessa medida prejudicial aos trabalhadores e a população, a deputada Flávia Morais (PDT-GO) defendeu a realização de audiência pública, através do requerimento nº 160/2017 aprovado pela Comissão de Legislação Participativa, na quinta-feira (21/09).

Foram convidados para o encontro: o Ministério da Previdência Social, o Instituto Nacional do Seguro Social-INSS, o Conselho Federal do Serviço Social, a Federação Nacional de Sindicatos de Trabalhadores em Saúde, Trabalho, Previdência e Serviço Social-FENASPS.

A audiência acontece em plenário a definir no Anexo II, da Câmara dos Deputados, em Brasília.

Ações do documento