Estudo da FGV sobre Zona Franca de Manaus é discutido em audiência pública na Comissão

20/05/2019 15h35

Cleia Viana/CD

Estudo da FGV sobre Zona Franca de Manaus é discutido em audiência pública na Comissão

A Comissão de Integração Nacional, Desenvolvimento Regional e da Amazônia debateu o estudo sobre os impactos, a efetividade e as oportunidades da Zona Franca de Manaus, elaborado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). A audiência é resultado do requerimento do deputado Capitão Alberto Neto (PRB-AM), que atento a Reforma Tributária, considerou ser importante mostrar que o modelo desenvolvido há 50 anos não pode ser prejudicado.

“É importante apresentar o resultado positivo desse grande modelo chamado Zona Franca de Manaus. O polo industrial foi criado para o mercado interno. Então, se o Brasil não estiver bem, a Zona Franca também não estará. As reformas são importantes para que o Brasil volte a crescer. E assim a Zona Franca continue a ter para quem vender. Nós queremos a Reforma, porém mantendo as vantagens comparativas, competitivas, para haver o desenvolvimento regional. Por isso a necessidade da apresentação desse estudo”, disse o deputado.

Da mesma opinião partilha o presidente da Comissão, deputado Átila Lins (PP/AM). “Foi uma audiência extremamente importante para desmistificar posições contrárias ao modelo Zona Franca. São muitos os dados positivos e relevantes sobre os impactos socioeconômicos e ambientais que certamente devem ser considerados para efeito de uma revisão ou alteração na estrutura de incentivos que o Brasil venha ter com a Reforma Tributária”, pontuou.

A apresentação do estudo, elaborado a pedido de entidades do setor produtivo, foi feita pelo professor Doutor Marcio Holland, responsável pelo estudo na FGV. É possível conferir o resumo do estudo apresentado na página da Comissão neste endereço https://bit.ly/30yE97t 

Também integraram o grupo de expositores o superintendente da Zona Franca de Manaus – SUFRAMA, Alfredo de Menezes Jr; representante da Federação das Indústrias do Estado do Amazonas - FIEAM e do Centro das Indústrias do Estado do Amazonas, Saleh Hamde; o diretor do Departamento de Ciência, Tecnologia e Inovação Digital, do Ministério de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, José Gustavo Gontijo; o secretário especial adjunto da Secretaria Especial de Produtividade, Emprego e Competitividade, Ministério da Economia, Igor Nogueira Calvet e do presidente da Fundação Eletrobrás de Seguridade Social – ELETROS, José Jorge do Nascimento.

 

Assessoria de Comunicação

Ações do documento