Moderador pede apoio a culturas populares

02/08/2007 11h05

O moderador do observatório da Rede de Culturas Populares, Marcelo Manzatti, apresentou há pouco, em audiência pública, um documento com 30 propostas para beneficiar as tradições brasileiras. Ele sugeriu, por exemplo, a criação pelo poder público de um fundo para fomento da produção de cultura popular. Manzatti reclamou da dificuldade de acesso dos grupos tradicionais de cultura a recursos no interior do País.<br />
<br />
Outra sugestão é o mapeamento, o registro e a catalogação dos grupos que produzem cultura popular. Segundo Manzatti, a medida é importante para ter noção do tamanho do problema e das políticas que devem ser adotadas pelo poder público para ajudar esses grupos.<br />
<br />
Marcelo Manzatti também considera necessária a adoção de medidas para favorecer o diálogo entre os grupos, de forma que eles participem da formulação de políticas públicas para o setor. A rede, segundo Manzatti, já é uma tentativa de fazer essa articulação, mas ainda é incipiente. Por fim, o moderador destacou a necessidade de incluir disciplinas sobre expressões populares no currículo das escolas.<br />
<br />
Em sua opinião, hoje não é possível elaborar políticas para as culturas populares sem levar em consideração os problemas sociais. &quot;Não adianta dar uma viola nova para um tocador se ele está cercado de problemas sociais, se o filho está sendo assediado pelo tráfico de drogas e a mulher está desempregada, por exemplo.&quot;<br />
<br />
A audiência é promovida pela Comissão de Educação e Cultura e ocorre no plenário 10.<br />
<br />
<br />
Reportagem - Maria Neves<br />
Edição - Noéli Nobre<br />
<br />
<br />
Agência Câmara<br />
Tel. (61) 3216.1851/3216.1852<br />
Fax. (61) 3216.1856<br />
E-mail:agencia@camara.gov.br

Ações do documento