Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

  • Retorne o texto ao tamanho normal
  • Aumente o tamanho do texto

Navegação Global

Você está aqui: Página Inicial > Comunicação > TV Câmara > Câmara Debate > Deputados falam sobre prorrogação da CPI da Funai
04/04/2017 23h00

Deputados falam sobre prorrogação da CPI da Funai

Dilceu Sperafico (PP-PR) e Nilto Tatto (PT-SP) são as entrevistados desta edição

Incorporar:

A visualização e/ou o uso deste material está condicionada pelos Termos de Uso do Câmara Notícias.

A Câmara dos Deputados adiou por 60 dias o término da comissão parlamentar de inquérito que investiga a Funai e o Incra.

De acordo com o presidente da CPI, deputado Alceu Moreira, do PMDB do Rio Grande do Sul, o adiamento é necessário para leitura e aprovação do relatório, que tem cerca de mil páginas.
Desde seu início da CPI foi cercada de polêmicas.

Parte dos deputados afirma que ela foi criada para criar dificuldades para a defesa dos direitos de indígenas, quilombolas e de trabalhadores rurais.

Para seus defensores, ela investiga o desvio de recursos públicos e irregularidades nas demarcações de terras indígenas, quilombolas e reforma agrária.

Junto com a prorrogação da CPI chega a notícia de que foram demitidos 350 profissionais da Funai, inclusive com a extinção do órgão no Piauí.

O Câmara Debate, da rádio e da TV Câmara, vai discutir essa polêmica com os deputados Dilceu Sperafico, do PP do Paraná e Nilto Tatto, do PT de São Paulo.

Siga-nos no YouTube e em outras redes sociais:

www.facebook.com/camaradeputados

www.twitter.com/camaradeputados

Apresentação - Vania Alves



  • TV Câmara
    Expediente
    Disque-Câmara: 0800 619 619

Mapa do Portal