Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

31/10/2017 11h41

Brasil já é o segundo maior produtor de organismos geneticamente modificados do mundo

Em 2016, o país cultivou mais de 49 milhões de hectares de culturas geneticamente modificadas, perdendo apenas para os Estados Unidos. Ouça a entrevista do deputado Nilto Tatto (PT-SP) sobre o assunto

O Brasil cultivou mais de 49 milhões de hectares de culturas geneticamente modificadas, em 2016. Com esse resultado, divulgado este ano pelo Serviço Internacional para a Aquisição de Aplicações em Agrobiotecnologia, o país apresentou o maior crescimento de transgênicos do planeta, e passou a figurar como o segundo maior produtor de organismos geneticamente modificados, perdendo apenas para os Estados Unidos, que produziu quase 73 milhões de hectares.

E o aspecto econômico dessas culturas agrícolas geneticamente modificadas é tema de debate na Comissão de Meio Ambiente da Câmara. O presidente do colegiado e autor do pedido para realização da audiência pública, deputado Nilto Tatto, do PT paulista, falou sobre o assunto em entrevista ao Com a Palavra. Segundo o deputado, a produção de transgênicos no Brasil foi prejudicial para muitos produtores. Saiba o motivo no áudio da entrevista.

Apresentação - Edson Junior e Elisabel Ferriche