Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

06/07/2017 12h20

Deputados e senadores lançam Frente Parlamentar Mista da Erva-Mate

Segundo o presidente do colegiado, deputado Heitor Schuch (PSB-RS), um dos objetivos é propor mudanças na legislação para permitir o manejo da planta em áreas de APPs, além de conseguir apoio à pesquisa de produção e garantir preço mínimo para a erva mate

No Sul e parte do Centro-Oeste do país, a preferência é pelo mate quente e tem sabor de tradição. No Sudeste, gelado. No Norte e Nordeste, ela já desponta no cardápio. Estamos falando da erva-mate, conhecida como tereré, chimarrão, chá preto.

A erva-mate ganhou a defesa de uma frente parlamentar mista, composta por 215 deputados e 15 senadores, e que foi lançada com exposição e produtos, em parceira com o Instituto Brasileiro da Erva-Mate (Ibramate) e Escola do Chimarrão.

Para apresentar os detalhes dessa iniciativa e comentar os desafios para o setor, o Com a Palavra convidou o presidente do colegiado, deputado Heitor Schuch, do PSB gaúcho.

Hoje a erva mate é responsável por 192 diferentes produtos. Além do tradicional chimarrão, muito apreciado pelo gaúcho, a erva mate é usada para a fabricação de pães, bolos e bolachas, além de cerveja. Segundo o deputado, um dos objetivos da frente parlamentar é propor mudanças na legislação para permitir o manejo da planta em áreas de APPs (Áreas de Proteção Permanente), além de conseguir apoio à pesquisa de produção e desenvolvimento do produto e garantir um preço mínimo para a erva mate.

Apresentação - Elisabel Ferriche e Lincoln Macário