Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

17/07/2018 - 08h47

Visita ao Congresso Nacional durante o recesso pode ser feita sem agendamento

Gabriella Korossy/Câmara dos Deputados
Turismo - Brasil - Brasília visitação Congresso Nacional Câmara deputados cívico turistas
A visitação, realizada todos os dias, é organizada pelas equipes de Relações Públicas da Câmara e do Senado

Durante o recesso parlamentar de julho, que se inicia nesta quarta-feira (18) e vai até o dia 31 de julho, a visita ao Congresso Nacional será realizada sem agendamento prévio. Nesse período, em que não há atividade legislativa, também será permitido o acesso do público com trajes informais, como bermuda.

Qualquer pessoa pode participar da visita, realizada de segunda a domingo, das 9h às 17h30. As saídas ocorrem a cada 30 minutos. Para chegar ao Salão Negro, de onde saem os grupos, o visitante deve entrar no Palácio do Congresso Nacional pela Chapelaria, de segunda a sexta-feira, ou pela rampa principal do prédio, nos finais de semana.

Durante a atividade, os visitantes passam pelos principais salões do Congresso, inclusive os Plenários das duas Casas, conhecem o Museu do Senado, as obras de arte expostas nas duas Casas e recebem informações sobre a história e o papel do Legislativo. A visita, com duração aproximada de 50 minutos, é organizada conjuntamente pelas equipes de Relações Públicas do Senado e da Câmara dos Deputados.

Visitas especiais
Também é possível participar, nesse período, das visitas técnicas e temáticas especiais, que exigem agendamento prévio. Um dos roteiros trata do centenário de Athos Bulcão, um dos artistas responsáveis pela integração artística na arquitetura dos espaços institucionais de Brasília. A visita é focada na vida e obra de Athos Bulcão por meio dos trabalhos presentes no Congresso Nacional, com um roteiro que aborda história da arte, arquitetura e também a história das personalidades de Brasília.

Outros roteiros temáticos são: 30 anos da Constituição Cidadã e Abolição da Escravatura. Informações sobre o agendamento podem ser obtidas no site da visitação ou pelo e-mail visite@senado.leg.br.

Da Redação - MB
Com informações da Agência Senado

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'