Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

03/03/2010 - 16h01

Iriny Lopes é a nova presidente da Comissão de Direitos Humanos

J.Batista
Iriny Lopes pretende dar destaque na comissão aos temas relativos à juventude e ao 3º Programa de Direitos Humanos.

A Comissão de Direitos Humanos e Minorias elegeu hoje a deputada Iriny Lopes (PT-ES) para presidente. Ela substitui o deputado Luiz Couto (PT-PB). Iriny afirmou “que a juventude e o 3º Programa Nacional de Direitos Humanos (PNDH-3) serão as prioridades da comissão em 2010”.

A discussão sobre o novo plano de direito humanos, segundo ela, começará já na próxima reunião do colegiado. Iriny quer convidar o ministro da Secretaria de Direitos Humanos, Paulo Vannuchi, para falar sobre o assunto.

A parlamentar, que está em seu segundo mandato na Câmara, vai comandar a comissão pela segunda vez. Em 2005, foi a primeira mulher a ocupar o cargo. A deputada foi relatora do projeto que originou a Lei Maria da Penha (Lei 11.340/06), instrumento legal para a punição da violência doméstica. Também foi responsável pelo relatório da CPI das Escutas Telefônicas.

Iriny é titular da Comissão de Direitos Humanos desde o começo do seu mandato. Participou ainda das comissões de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado e de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável.

Vice-presidentes
A Comissão de Direitos Humanos e Minorias ainda não definiu os nomes dos três vice-presidentes.

Reportagem - Karla Alessandra e Carol Siqueira
Edição - Marcelo Oliveira

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'