Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

08/01/2016 - 16h33

Projeto dá incentivo fiscal a empresa que elevar salário de empregado que concluir estudos

A Câmara dos Deputados analisa o Projeto de Lei 1431/15, do deputado Damião Feliciano (PDT-PB), que concede benefícios fiscais às empresas que promovam aumento salarial para o trabalhador adulto que terminar os ensinos fundamental ou médio.

dep DAMIAO FELICIANO
Damião Feliciano: funcionário não investe em formação educacional por não vislumbrar melhoria nas condições de trabalho a curto prazo

Pela proposta, a companhia terá abatimento no Imposto de Renda e na Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL) se elevar em 5% do salário mínimo a remuneração do funcionário que obtiver o certificado de conclusão de curso fundamental ou médio durante o período em que estiver empregado.

O valor do desconto tributário concedido à empresa será 20% superior ao total gasto por ela com o efetivo aumento salarial desses empregados.

Poderão ser premiados os trabalhadores que receberem originalmente até dois salários mínimos, e o aumento de 5% do salário mínimo valerá para cada certificado apresentado.

Capacitação
Damião Feliciano afirma que, muitas vezes, o funcionário não investe em sua formação educacional e profissional por não vislumbrar qualquer melhoria nas suas condições de trabalho a curto prazo. “O projeto busca mudar essa realidade”, ressalta.

De acordo com o parlamentar, a dificuldade de conciliar emprego e estudo também está entre os principais fatores de evasão escolar na Educação de Jovens e Adultos (EJA).

Tramitação
A proposta, que tramita em caráter conclusivo, será analisada pelas comissões Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio e Serviços; de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Íntegra da proposta:

Da Redação – MO

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'