Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Uzbequistão quer investimentos brasileiros

O Uzbequistão, ex-República Soviética que acaba de completar 21 anos de independência, quer investimentos brasileiros em petróleo, gás, minérios e no agronegócio. Foi o que revelou o embaixador, não residente, para o Brasil, Ilkhom Nematov em reunião nesta terça-feira, 4, com a presidente da CREDN, deputada Perpétua Almeida (PCdoB/AC) e o deputado Vitor Paulo (PRB/RJ).
05/12/2012 16h02

Ele pediu, ainda, a abertura da embaixada do Brasil em Tashkent e assegurou que o governo uzbeque tem planos para inaugurar a sua representação diplomática em Brasília, em 2013. Em 2009, Brasil e Uzbequistão assinaram oito acordos de cooperação, dois deles aguardam deliberação do Plenário da Câmara.

Perpétua Almeida e Vitor Paulo destacaram a importância de se criar o Grupo de Amizade Brasil – Uzbequistão como forma de aproximar e intensificar as relações parlamentares entre os dois países.

De acordo com Ilkhom Nematov, o Congresso brasileiro é referência e modelo para o seu país que já criou grupos de amizade com os parlamentos da China, Índia, França, Alemanha e Japão.

O Uzbequistão também está interessado numa parceria com a Petrobras e na adoção do programa brasileiro de biocombustíveis, com destaque para o etanol.