Espaço físico, lotação e visitação

 

O Complexo Principal da Câmara dos Deputados, que compreende Edifício Principal e anexos I, II, III e IV, tem 159.000,25 metros quadrados.  

Em relação ao espaço físico, a Câmara cuida de cerca de 198 mil m² de área verde, o equivalente a 18 campos de futebol. Essa área inclui parte dos gramados em torno do Palácio do Congresso Nacional (Edifício Principal e Anexo I), o Jardim de Palmeiras Imperiais, próximo à Praça dos Três Poderes, e outros espaços circundando os demais anexos e edifícios. Também contam o complexo arbóreo nas superquadras 202 e 302 Norte e 111 e 311 Sul, onde estão os blocos dos apartamentos funcionais ocupados pelos deputados federais. 

Limites de pessoas nos ambientes 

Em atendimento a normas de segurança, o acesso às dependências do complexo arquitetônico da Câmara dos Deputados é limitado a um número máximo de pessoas. 

A relação abaixo traz a capacidade máxima de visitantes para cada espaço físico da Câmara, de acordo com o Ato da Mesa 106/2013:

 

Complexo arquitetônico

Número máximo de visitantes

 

 

Edifício Principal e Galerias

          200

Anexo I

          220

Anexo II e III

          500

Anexo IV

          500

Auditório Nereu Ramos

          350

 

Cada plenário do corredor das Comissões tem um limite próprio de pessoas que pode comportar. Esse número está afixado na entrada de cada auditório. 

O Ato da Mesa 106/2013 prevê, ainda, que esses limites poderão ser revistos pela Presidência da Câmara, em situações que possam comprometer a segurança das pessoas e das edificações da Casa. 

Vestuário para acesso ao Salão Verde  

No Salão Verde, que dá acesso ao Plenário, em dias de sessão, só é permitida a entrada de pessoas com traje passeio completo (Ato da Mesa 63/1980); jeans e tênis, por exemplo, só quando não houver sessão. 

Visitação 

A Câmara, juntamente com o Senado, oferece serviço de visita guiada ao Palácio do Congresso Nacional para turistas e escolas, chegando a atender dois mil visitantes em dias de maior movimento. Informações estão disponíveis no portal e pelo aplicativo “Visite o Congresso Nacional” (Google Play e Apple Store), que oferece guias de visitação, diversas informações sobre as duas Casas legislativas, áudio-guias, entre outros. 

A visitação funciona às segundas e sextas com visitas espontâneas ou, para grupos grandes e em outros idiomas, com agendamento; às quintas, exclusivamente por agendamento; e nos fins de semana e feriados, não há necessidade de agendamento. Às terças e quartas, dia de muito movimento nas duas Casas legislativas, as visitas são suspensas. 

Em 2015, o Programa de Visitação do Congresso registrou 142,6 mil visitantes – entre os que fizeram a visita por agendamento ou por comparecimento espontâneo. Em 2016, foram 118,7 mil visitantes; em 2017, 124,6 mil; em 2018, 139,3 mil; e em 2019, 156,6 mil visitantes.

Ações do documento