21/05/2018 13h00

Agrotóxicos ou fitossanitários?

Produtores rurais reclamam da demora na liberação de defensivos; entidades defendem controle mais rígido

Incorporar:
A visualização e/ou o uso deste material está condicionada pelos Termos de Uso do Câmara Notícias.

A Câmara dos Deputados está debatendo mudanças no registro, fiscalização e controle dos defensivos agrícolas ou agrotóxicos, o que tem provocado muita polêmica entre ruralistas e órgãos como Anvisa, Ibama e Conselho Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (Consea).

Os produtores rurais, que defendem a mudança, reclamam da demora na liberação de defensivos para serem usados na agricultura. E dizem que, quando a liberação acontece, o produto já está obsoleto.

Do outo lado, entidades que defendem um controle mais rígido sobre a utilização dessas substâncias na produção dos alimentos dizem que o Brasil está em primeiro lugar no uso delas, o que estaria diretamente ligado ao aumento no número de casos de câncer e outras doenças.

Perguntas, críticas e sugestões: 0800 619 619, e-mail participacaopopular@camara.leg.br, Twitter @participacaopop e WhatsApp (61) 99620-2573.

Siga-nos também no YouTube e em outras redes sociais:

http://www.facebook.com/camaradeputados
http://www.twitter.com/camaradeputados




Comentários

Homero Baroni | 24/06/2018 02h52
AGROTÓXICO MATA! Aqui no Brasil se bebe 5L de agrotóxicos por habitante. Disfunções de tireóide, infertilidade e câncer a dar com pau. Pesquisem! Incrível como as empresas conseguiram ludibriar o povo pra todo mundo achar que agricultura orgânica é menos produtiva e mais cara. É cara porque o governo não incentiva e jamais será menos produtiva, muito pelo contrário. Informem-se em fontes confiáveis e parem de espalhar informação errada.
Aryanne | 22/05/2018 11h50
Destruir a saúde do solo pra gerar bomba veneno, que chamam de comida, algo que diminui nosso tempo de vida, aprofundar o conhecimento em pesquisas científicas e observar nosso sistema biológico é essencial. Quantidade não é qualidade, as pessoas precisam aprender sobre alimento funcional, nutrição e prevenção de doenças por base na alimentação, observamos a história para tirar base disto!
OSLI BARRETO CAMILO JÚNIOR | 21/05/2018 13h26
Esse debate deve ser norteado pela ciência e não pelo ideologismo. A utilização de produtos fitossanitários, agrotóxicos, defensivos agrícolas, pesticidas, seja qual nome for dado, garantem alimento de qualidade e a preço justo na mesa do consumidor.