06/02/2018 17h52

Companhias aéreas podem ser obrigadas a disponibilizar check in pela internet cinco dias antes do embarque

Proposta obriga ainda que check in permaneça aberto até pelo menos 40 minutos antes do horário do voo

A Comissão de Viação e Transportes da Câmara aprovou projeto (PL 4541/16) que obriga as companhias aéreas a disponibilizarem o check in pela internet cinco dias antes do embarque.

Se virar lei, a medida vai valer para as empresas nacionais e estrangeiras que operam no Brasil. A proposta obriga ainda que o check in permaneça aberto até pelo menos 40 minutos antes do horário do voo. Atualmente não existem leis sobre o assunto, e cada empresa escolhe sua própria regra.

Para o autor do projeto, deputado Felipe Bornier, do Pros do Rio de Janeiro, a antecedência no check in vai facilitar a vida dos passageiros e diminuir a possibilidade de overbooking, quando as empresas vendem mais passagens que o número máximo de lugares no avião.

Já o relator do projeto na comissão, deputado Wilson Beserra, do PMDB do Rio de Janeiro, apontou outra vantagem: evitar que os passageiros percam o voo em função da dificuldade de fazer o check in no aeroporto.

"O objetivo do web check in é dar maior conforto aos passageiros, que não conseguem às vezes fazer o check in de forma eletrônica porque em muitos casos, em função das companhias não disponibilizarem este serviço a contento, o passageiro fica sem fazer o check in e com isso não consegue embarcar, perdendo não só o voo, mas também criando custos para este passageiro".

Quem costuma viajar de avião apoia a medida. Para a estudante Bruna Simões, o check in aberto com antecedência de cinco dias evita correria de última hora, principalmente para os passageiros sem bagagem.

"Facilitaria muito. Ia ser bem mais prático, principalmente para quem não tem bagagem. Ia diminuir muito o custo, não ia precisar chegar no aeroporto com duas horas de antecedência e enfrentar uma fila tão grande igual esta".

Segundo a Anac, a Agência Nacional de Aviação Civil, quase 110 milhões de passageiros viajam de avião no Brasil todos os anos.

O projeto que obriga a abertura de check in pela internet cinco dias antes do voo será analisado agora pela Comissão de Constituição e Justiça.

Se aprovado, pode ser enviado diretamente para o Senado, sem passar pelo Plenário da Câmara.

Reportagem - Antonio Vital