10/11/2014 - 12h25

Comissão aprova criação de cargos de juiz do trabalho no TRT da 3ª região

Fred Amorim
Luiz Fernando Faria
Faria apresentou parecer favorável

A Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público aprovou na quarta-feira (5) o Projeto de Lei 7906/14, do Tribunal Superior do Trabalho (TST), que cria 21 cargos de juiz do trabalho substituto no Tribunal Regional do Trabalho da 3ª Região, em Belo Horizonte (MG).

O parecer do relator, deputado Luiz Fernando Faria (PP-MG), foi favorável à proposta. Ele ressalta que o projeto recebeu aprovação do Tribunal Superior do Trabalho (TST), do Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT) e do Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

O parlamentar destaca que a criação dos cargos é necessária para o cumprimento da Resolução 63/10, do CSJT, que trata da padronização da estrutura organizacional e de pessoal dos órgãos da Justiça do Trabalho de primeiro e segundo graus. Conforme essa resolução, o quantitativo de cargos de juiz do trabalho substituto, em cada região, corresponderá ao número de Varas do Trabalho.

Hoje o TRT de Minas Gerais é composto por 295 juízes – 158 titulares e 137 substitutos. “A proposta visa precisamente a resgatar a paridade entre os cargos de juiz do Trabalho da jurisdição trabalhista do estado de Minas Gerais”, afirma o relator. “Com essa ampliação, poderá aquela Corte oferecer prestação jurisdicional condizente com as necessidades da região”, completa.

Tramitação
A proposta tramita em regime de prioridade e será analisada agora pelas comissões de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania. Em seguida, irá para o Plenário.

Íntegra da proposta:

Reportagem – Lara Haje
Edição – Wilson Silveira

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'