Lucília Garcez

A Biblioteca da Câmara dos Deputados e o Centro Cultural receberam, no dia 26 de agosto, a escritora Lucília Garcez na 23ª edição do “Encontro com o Autor”.

Lucília Garcez é  autora de "A escrita e o Outro", Editora da Universidade de Brasília (1998) e de "Técnica de Redação – o que preciso saber para bem escrever", Editora Martins Fontes (2001). Sua produção em literatura infanto-juvenil em parceria com o artista plástico Jô Oliveira inclui: "Luiz Lua" (1998), "O Sorriso do Gato" (1998), "Notícias do Descobrimento" (1999), e "As aventuras de Hans Staden entre os índios do Novo Mundo" (2000), todos pela Editora Dimensão.

Também é autora de "Explicando a Arte" (2001) – que já vendeu mais de 100 mil exemplares, e "Explicando a Arte Brasileira" (2003);  publicados pela Nova Fronteira; "Mãe do Ouro" (2005), Editora Scipione; "Brasília – de cerrado a capital da República" (2006), Editora Cortez; "Perceval ou o conto do Graal" (2007), Editora Scipione. Publicou ainda "Brasília – do concreto ao sonho" (2010), Editora Cortez;  "Alfinete – o porco-espinho" (2010), Editora Franco; "Coleção Planeta Saudável em 3 volumes – Água, Lixo e Energia" (2010), Editora Callis; "O Descobrimento do Rio Amazonas" (2012), Editora Prumo, "A Primeira Vez que Eu Vi o Mar" (2014) e "Palavras Mágicas" (2016), Editora Franco; "Tonho e os Dragões" (2016), Editora Bagaço. Lançou seu primeiro romance, "Outono" em 2018, pela Outubro Edições.

Lucília Garcez ainda participa de várias antologias, coordenou o Programa de Ensino a Distância Semipresencial para formação continuada de professores em início de escolarização do Fundescola (2003) e participou da Coordenação de Avaliação das Redações do Enem de 2013 a 2016.

Ações do documento