Edmílson Caminha

Edmilson CaminhaNo dia 27 de abril de 2017 o  Encontro de Autor recebeu Edmílson Caminha, o evento aconteceu no salão de leitura da Biblioteca.

Escritor, jornalista, professor de literatura brasileira e de língua portuguesa, EDMÍLSON CAMINHA nasceu em Fortaleza, Ceará. Dirigiu, em Teresina, a Rádio Educativa e o Departamento de Jornalismo da TV Educativa do Estado do Piauí. É consultor legislativo (aposentado), por concurso público de provas e títulos, da Câmara dos Deputados, em Brasília–DF, de cujo Conselho Editorial foi presidente.

Tem artigos, ensaios e entrevistas publicados na Revista Brasileira, da Academia Brasileira de Letras (Rio de Janeiro); Revista da Academia Mineira de Letras (Belo Horizonte); revista ClãRevista da Academia Cearense de Letras e jornais O Povo Diário do Nordeste (Fortaleza); Jornal de LetrasRioArtes Jornal da ABI (Rio de Janeiro); D.O. Leitura (São Paulo); Suplemento Literário Minas Gerais (Belo Horizonte); A Tarde (Salvador); O Dia e Diário do Povo (Teresina); Correio Braziliense Jornal da Associação Nacional de Escritores (Brasília); O Cometa Itabirano O Trem (Itabira, MG), entre outros.

bras publicadas: Palavra de escritor (1995; 2. ed. 1996); Inventário de crônicas (1997); Villaça, um noviço na solidão do mosteiro (1998); Lutar com palavras (2001); Drummond, a lição do poeta (2002; 2. ed. 2006); Pedro Nava: em busca do tempo vivido (2003); Brasil e Cuba: modos de ver, maneiras de sentir (2006); O monge do Hotel Bela Vista (2008); Rachel de Queiroz, a senhora do Não Me Deixes (2010); Em louvor a Drummond (2012); Cadeira 24: dos rios do Pará aos verdes mares do Ceará (2013); Com a mala na cabeça (2014); No PEN Clube do Brasil, a casa de Villaça (2016) e O professor, Beethoven e o ladrão (2016).

É membro da Academia Brasiliense de Letras, da Academia de Letras do Brasil, sócio correspondente da Academia Cearense de Letras e da Academia Cearense da Língua Portuguesa, sócio da Associação Nacional de Escritores (ANE), da Associação Brasileira de Imprensa (ABI), da Associação dos Bibliófilos do Brasil e do Observatório da Língua Portuguesa, em Lisboa, Portugal.

Em 2006, recebeu da Prefeitura Municipal de Itabira o título de “Itabirano de Coração”, e em 2012, outorgado pela Câmara Municipal, o de “Cidadão Honorário de Itabira.”

O fotógrafo Billy Boss, da Câmara dos Deputados, registrou o evento:

Edmilson Caminha Edmilson Caminha Publico que assistiu a palestra.
Público assistindo à palestra. Caminha, Jairo Brod André Freire, Afrísio Vieira Lima, Edmilson Caminha, Maria Amélia Elói, Wellington Brandão da Silva, Marco Antunes, Janice.

 

 

Ações do documento