(Re)existir no Brasil: Trajetórias Negras Brasileiras

Para celebrar o Dia Nacional da Consciência Negra, a Câmara apresenta, de 19/11 a 18/12, a exposição “(Re)existir no Brasil: Trajetórias Negras Brasileiras”.
19/11/2019 11h55

Instalada no corredor de acesso ao Plenário Ulysses Guimarães, a mostra traça um breve panorama da resistência de negros e negras na história recente do país, bem como suas contribuições, conquistas e demandas.

O Dia da Consciência Negra — celebrado em 20 de novembro como referência ao nascimento do herói Zumbi dos Palmares (1655-1695) — representa uma oportunidade de reflexão acerca da representação e condição social dos negros e negras brasileiros, dos desafios enfrentados e das conquistas alcançadas no país.

Se a Constituição Federal de 1988 e o Estatuto da Igualdade Racial de 2010 significaram avanços importantes no combate à desigualdade racial, as estatísticas ainda demonstram que há um longo caminho a ser percorrido pelo Brasil no que diz respeito ao cumprimento de políticas públicas que tragam igualdade de oportunidades e possibilitem condições de vida dignas a negros e negras na sociedade brasileira contemporânea.

Confira aqui o catálogo virtual da exposição.

 

(Re)existir no Brasil: Trajetórias Negras Brasileiras

Data: de 19 de novembro a 18 de dezembro de 2019, de segunda a sexta, das 9h às 17h
Local: Corredor de acesso ao Plenário Ulysses Guimarães, Câmara dos Deputados, Brasília, DF
Abertura: 19/11, terça-feira, às 16h, no hall da Taquigrafia, Anexo II

(Re)existir no Brasil: Trajetórias Negras Brasileiras
Fotos: Akime Misuqui / Câmara dos Deputados

Fotos: Akime Misuqui / Acervo Câmara dos Deputados

Fotos: Akime Misuqui / Acervo Câmara dos Deputados

Fotos: Akime Misuqui / Acervo Câmara dos Deputados

selecionado por edital novo

Ações do documento