Lido o parecer do Relator, Dep. Marcos Rogério, ao Processo

15/10/2014 12h24

O Conselho de Ética ouviu nesta terça-feira (14) o parecer do Deputado Marcos Rogério (PDT-RO), relator dos Processos nºs 14/14 e 15/14, referentes às Representações nºs 26/14 e 27/14, em desfavor do Deputado Luiz Argôlo. O relator posicionou-se pela culpabilidade do representado e recomendou que lhe fosse aplicada a penalidade de perda do mandato. Aberta a discussão, os Deputados Pastor Eurico (PSB-PE), Sérgio Brito (PSD-BA) e Wladimir Costa (SD-PA) solicitaram vista do processo. Argôlo é acusado de envolvimento com o doleiro Alberto Youssef, preso pela Polícia Federal em decorrência da Operação Lava Jato.

Ações do documento