Aprovado o parecer do Relator, Deputado Júlio Delgado, ao processo em desfavor do Deputado André Vargas

20/08/2014 18h25

Nesta quarta-feira (20), o Conselho de Ética aprovou, por unanimidade (onze votos), o parecer do Deputado Júlio Delgado, Relator do Processo nº 13/14, contra o Deputado André Vargas. Delgado defende a aplicação da penalidade de perda do mandato ao parlamentar representado. A defesa pode recorrer à Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania, no prazo de cinco dias úteis. O Processo foi instaurado em decorrência da Representação nº 25/14, de autoria do PSDB, DEM e PPS, na qual Vargas é citado por envolvimento com o doleiro Alberto Youssef, preso pela Polícia Federal em razão da Operação “Lava Jato”.

Ações do documento