Programa Pró-Adolescente  PROGRAMA PRÓ-ADOLESCENTE

 

Descrição

O Programa de Apoio ao Trabalho do Adolescente - Pró-adolescente é um programa de responsabilidade social da Câmara dos Deputados que atende a adolescentes de famílias de baixa renda e em situação de vulnerabilidade social, promovendo sua capacitação para ingresso no mercado de trabalho e impactando positivamente na sua qualidade de vida e na de sua família. O Programa atua em parceria com entidade sem fins lucrativos (ESFL) qualificada em formação técnico-profissional metódica.

 

O que oferece

1. O adolescente aprendiz trabalha na Câmara dos Deputados de segunda a sexta-feira, com jornada de trabalho de 4 horas diárias: matutino (das 8h às 12h) e vespertino (das 14h às 18h), recebe um salário mínimo, vale-transporte de acordo com o local de residência, vale-alimentação, crachá de identificação e uniforme.
2. A parte teórica do programa de aprendizagem é desenvolvido na (ESFL) e a parte prática na Câmara dos Deputados.
3. O adolescente admitido no programa desenvolve qualificação em diversas atividades, sendo oferecida capacitação nas áreas de atendimento ao público presencial e telefônico, noções de informática, noções de secretariado, noções de cidadania e mercado de trabalho, técnicas de recepção, arquivamento e protocolo.
4. O adolescente ainda pode desfrutar de conhecimento das responsabilidades orgânicas de uma grande Instituição e principalmente do acompanhamento in loco do Processo Legislativo Brasileiro.

 

A quem se destina

Os jovens precisam atender aos seguintes critérios de admissão definidos para a Câmara dos Deputados:

a) Ser residente no Distrito Federal;
b) Estar matriculado em escola pública;
c) Frequentar a partir do 8º ano do Ensino Fundamental Regular;
d) Possuir renda familiar per capita igual ou inferior a 50% do salário mínimo;
e) Ter idade entre 15 (quinze) anos e 6 (seis) meses e 18 (dezoito) anos.

 

Como acessar

A (ESFL) é responsável pelo processo de inscrição, seleção e contratação dos adolescentes, além do acompanhamento psicopedagógico dos participantes do Programa. As inscrições são feitas exclusivamente pela instituição contratada pela Câmara dos Deputados.
Até a presente data a instituição responsável pelo serviço era o Centro Salesiano do Menor – CESAM. Recentemente deu-se início à abertura de procedimento licitatório, com vistas à contratação de entidade que possibilite a continuidade do Programa Pró-Adolescente.

 

Fases do serviço

O processo seletivo dos aprendizes é de responsabilidade da (ESFL) contratada pela câmara dos Deputados.

 

Como acompanhar o andamento do serviço

A família deverá entrar em contato com a (ESFL) contratada pela Câmara dos Deputados.

 

Compromisso de qualidade e atendimento

A Câmara dos Deputados, por meio da Secretaria Executiva do Pró-Adolescente, busca a formação integral dos jovens participantes do programa. Para tanto, desenvolve ações para enriquecer a primeira experiência no mundo do trabalho e melhorar o desenvolvimento pessoal, escolar e profissional dos aprendizes participantes do programa. 

 

Normas que regem o serviço

Lei da Aprendizagem (Lei 10.097/2000) e demais normas pertinentes do Ministério do Trabalho e Educação – MTE e da Consolidação das Leis do Trabalho - CLT.

 

ACESSAR A PÁGINA >>

<< VOLTAR   

Ações do documento