Página Inicial Notícias Sessão Solene na Assembleia Nacional HOMENAGEM E ÚLTIMO ADEUS DO DEPUTADO MANUEL VICENTE

Sessão Solene na Assembleia Nacional HOMENAGEM E ÚLTIMO ADEUS DO DEPUTADO MANUEL VICENTE

A Assembleia Nacional, numa sessão solene presidida pelo Presidente da Assembleia Nacional, rendeu, este sábado, 19 de Setembro, homenagem póstuma ao Deputado Manuel Vicente que faleceu no dia 15 em Portugal, vítima de doença prolongada. A sessão carregada de luto e dor, foi preenchida por discursos de exaltação aos feitos pelo malogrado que o converteram num exemplo para nova geração e que deixa um vazio entre os Deputados da Nação. Ainda no decurso da Plenária foi aprovado por unanimidade o Voto de Pesar. “Embora se tratando de um Deputado estreante nesta casa parlamentar, deu para perceber, no curto período em que exerceu as suas funções, que era alguém que se empenhava e dedicava, com reconhecido afinco, às suas tarefas parlamentares, em particular ao serviço da 5ª Comissão Especializada Permanente da Assembleia Nacional, de que foi membro activo, ao serviço da qual prestou valioso trabalho”, afirmou na ocasião o Presidente Delfim Neves no seu discurso de pesar, realçando o facto de que “o seu desaparecimento físico deixa um vazio”, pois “nos momentos cruciais de tomada de decisão, nunca se furtou às suas responsabilidades”. Depois Delfim Neves manifestou e endereçou “à família enlutada e aos camaradas, companheiros e amigos mais próximos, o nosso mais profundo sentimento de pesar”. A pedido do Presidente da Assembleia Nacional a Plenária guardou um minuto de silêncio, seguido de salvas de palmas “em memória ao nosso colega ora desaparecido, o Deputado Manuel Vicente”, disse a propósito, Presidente Delfim Neves. Por seu turno, o Líder da Bancada Parlamentar da Coligação PCD/MDFM-UDD, Danilson Cotu, em seu nome e do seu Grupo Parlamentar expressou o seu “profundo sentimento de tristeza” ao considerar de “morte precoce” o passamento físico do Deputado ora homenageado. Danilson Cotu endereçou “pêsames à família, ao MLSTP/PSD e ao Grupo Parlamentar” de que o malogrado fazia parte. Em seguida, o Líder da Bancada do MLSTP/PSD, Amaro Couto, pronunciou o discurso de pesar, tendo recordado o Deputado Manuel Vicente como “conhecedor da dura realidade da vida do Povo, porque enraizado no seu espaço rural deste País, e daí oriundo, onde as dificuldade mais acumuladas e mais agravadas”, facto que fez com que o malogrado e nas palavras de Amaro Couto, “teve por isso o perfil ajustado para ser um representante do Povo”. Depois de recordar a vivência do falecido como professor, na agricultura, em que foi Presidente da Cooperativa CECAC 11, e demais elementos do seu rico ativismo político e de cidadania, o Líder da Parlamentar do MLSTP/PSD, exaltou “a participação observadora, discreta e simples”, deixando assim “um legado orientado para a elevação da nossa consciência colectiva centrada decididamente no bem-estar a favor de toda coletividade”. Ao finalizar as suas palavras de pesar, Amaro Couto, apresentou em nome da sua Bancada a “mais sentidas condolências à família do nosso Deputado e Camarada Manuel Vicente”. Por último, o Deputados Arlindo Ramos, em representação da Bancada Parlamentar do ADI, endereçou palavras de apreço as virtudes do falecido Deputado e de dor pela sua morte. Disse que este triste desfecho “atinge violentamente os corações desprovidos, quando lhes rouba um colega, um amigo, um familiar”, reconhecendo que ninguém estará preparado para “tão terrível perda”, e que “toda a sua família está passando por um desses momentos e que na sua casa paira uma nuvem carregada de dor”. O Deputado Arlindo Ramos terminou endereçando “os nossos pêsames para todos vós”. Depois da sessão solene, o Presidente da Assembleia Nacional, Delfim Neves, o Presidente e Membros do Conselho de Administração, os Líderes das Bancadas Parlamentares, Os Presidentes das Comissões Especializadas Permanentes e demais Deputados , o Secretário-Geral da Assembleia Nacional, bem como do Ministros em representação do Governo e vários Diretores e funcionários da Assembleia, e os convidados renderam homenagem, assinaram o livro de honra e permaneceram longo tempo diante da urna do Deputado Manuel Vicente em câmara ardente no hall principal do edifício do Parlamento. Depois das formalidades, os presentes apresentaram cumprimentos aos familiares do falecido. No final o cortejo fúnebre seguiu do Palácio dos Congressos ao seu Distrito natal, Cantagalo, passando antes pela sede MLSTP/PSD no Riboque da cidade de S.Tomé, passando por Água Izé, onde se situa a sede da sua cooperativa CECAQ11, onde trabalhou como fundador e Presidente. Depois da missa de corpo presente na Igreja de Santa Ana, o corpo do Deputado Manuel Vicente foi a enterrar no cemitério de Santana, na presença de familiares, colegas Deputados e demais amigos. É de destacar a presença do Presidente da Assembleia Nacional Delfim Neves, do Primeiro-Ministro, Jorge Bom Jesus, de várias autoridades nacionais.

« Fevereiro 2024 »
Fevereiro
SeTeQuQuSeSaDo
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
26272829