25/07/2016 12h00

Turismo

O crescimento desenfreado do turismo tem trazido problemas ao meio ambiente e à sustentabilidade das populações locais

Paixão por viajar, paisagens deslumbrantes, aquela sensação de natureza quase intocada, banhos de mar ou de cachoeira que renovam as nossas energias. Quem não gosta de conhecer lugares especiais? Mas o crescimento desenfreado do turismo tem trazido problemas ao meio ambiente e até a sustentabilidade das populações locais.

Se de um lado a atividade turística promove oportunidades de emprego e novos negócios, valoriza o patrimônio natural e paisagístico, melhora a qualidade dos serviços de infraestrutura e transporte, de outro aumentam a poluição das águas e solo, a especulação imobiliária, a violência urbana e o excesso de resíduos sem tratamento.

Nesta edição do Salão Verde você conhece a opinião de dois especialistas em turismo sustentável. Elimar Nascimento é sociólogo e professor no Centro de Desenvolvimento Sustentável da Universidade de Brasília, e Fernando Tatagiba é servidor do Instituto Chico Mendes e atual diretor do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros. 

Você sempre pode participar do programa por meio do Disque Câmara, 0800 619 619, ou pelo e-mail radio@camara.leg.br.

Apresentação – Cynthia Sims



Comentários

MARIA DA GLORIA PEREZ DELGADO SANCHES | 04/08/2016 10h37
Sai de São Paulo e todo seu caos em busca de melhor qualidade de vida, em Itanhaém, no litoral sul do estado. É um paraíso cada vez mais procurado por turistas, o que, se por um lado é aplaudido, porque traz recursos para a cidade, por outro é preocupante, pois deixam seu lixo para trás e muitos não tem qualquer responsabilidade pela natureza que os recebe. Preocupação não menor é a exploração desenfreada de recursos dos rios, pelos pescadores da terra, ainda que seja proibida a pesca com rede e tarrafa. A fiscalização não consegue dar conta, os peixes escasseiam a cada dia.