12/06/2019 09h40

Comissão debate a contaminação da água potável por agrotóxicos no Brasil

Padre João afirma a contaminação atinge mais de 1.300 cidades, entre elas, São Paulo e Rio de Janeiro

O deputado Padre João, do PT de Minas Gerais, está à frente de debate sobre a contaminação de água potável por agrotóxicos no Brasil. O tema vai ser debatido, hoje, na Comissão de Direitos Humanos. Em entrevista ao Painel Eletrônico, ele disse que está acontecendo um crime no Brasil. Segundo ele, mais de 1.300 cidades, entre elas, São Paulo e Rio de Janeiro, encontraram resíduos de agrotóxicos na água que sai das torneiras em medições feitas entre 2014 e 2017.

Os dados são do Ministério da Saúde e fazem parte do estudo intitulado " Por Trás do Alimento". Para o deputado, a situação "é gravíssima" e precisa ser amplamente divulgada. Ele diz que é necessário envolver o Ministério Público para frear o uso e a liberação dos agrotóxicos no país, além de aumentar a fiscalização para as pulverizações aéreas. O deputado Padre João quer ampliar as audiências públicas em outros estados e pedir novas análises nos municípios. Dentre os 5.570 municípios brasileiros, 2.931 não realizaram testes na sua água nesse mesmo período.

Apresentação - Edson Junior e Elisabel Ferriche