29/05/2019 07h03

Redução de orçamento do Censo 2020 pode afetar diretamente políticas públicas para a população idosa

Redução no orçamento imposto pelo governo federal é alvo de criticas de Marcelo Freixo, e segundo ele, "um governo que investe R$ 440 milhões em compra de armas, não tem a informação como prioridade”

O deputado Marcelo Freixo, do PT do Rio de Janeiro, é o autor do requerimento para realização, nesta quarta-feira, de audiência pública para debater as restrições ao Censo 2020 e os impactos nas políticas públicas da pessoa idosa. O IBGE é a fonte de informações para definição dessas políticas. Na entrevista o deputado criticou a decisão do governo federal de reduzir o orçamento previsto para o Censo 2020, inicialmente, estimado em R$ 3,4 bilhões, um corte de 25%. Segundo o deputado essa iniciativa vai impactar diretamente nas políticas públicas da população idosa, inclusive, no monitoramento da cobertura da seguridade social dos idosos.

Em entrevista ao Painel Eletrônico, o deputado também criticou a ausência da presidente do IBGE, Susana Cordeiro Guerra, nos debates para explicar também os motivos da redução de perguntas no questionário. Segundo ele, a justificativa do governo, de que custa muito caro o deslocamento de recenseadores Brasil afora, não tem razão de ser. Para o deputado Marcelo Freixo, "um governo que investe R$ 440 milhões em compra de armas, não tem a informação como prioridade.”

Apresentação - Edson Junior e Elisabel Ferriche