28/05/2019 17h53

Audiência pública discute como combater exploração sexual de crianças e adolescentes nesta quarta-feira

Um dos autores do requerimento para realização do debate, deputado Camilo Capiberibe (PSB-AP) fala sobre o assunto nesta edição

À beira de rodovias, corpos franzinos ou ainda em amadurecimento estão à venda para quem passa.

Segundo o projeto Mapear, de 2017 a 2018, o Brasil tem 2.487 pontos vulneráveis para a exploração sexual de crianças e adolescentes. São nas rodovias onde estão boa parte dessa perversa exploração.

Preocupada com esse mapeamento, a Comissão de Viação e Transportes vai realizar, nesta quarta-feira (29), audiência pública para discutir como combater a exploração sexual de crianças e adolescentes nas estradas federais. Os deputados vão analisar os números apresentados pela Mapear.

Foram convidados para a audiência pública, a ministra de Estado da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, e o diretor-geral do Departamento de Polícia Rodoviária Federal, Adriano Marcos Furtado

Um dos autores do requerimento para realização do debate, o deputado Camilo Capiberibe (PSB-AP) fala sobre o assunto nesta edição do Painel Eletrônico.

Apresentação - Edson Junior e Elisabel Ferriche