14/05/2019 07h01

Comissão vai debater projeto que define crimes de ódio e de intolerância nesta terça-feira

Helder Salomão, presidente da Comissão de Direitos Humanos, diz que o projeto vai além de definir quais são os crimes e punições, é para criar mecanismos para coibir esse tipo de violência

O deputado Helder Salomão, do PT do Espírito Santo, é o presidente da Comissão de Direitos Humanos, que vai debater, nesta terça-feira, o projeto que define os crimes de ódio e de intolerância. Em entrevista ao Painel Eletrônico, o deputado disse que o projeto não só define os crimes de ódio e intolerância como também cria mecanismo para coibi-los, com uma maior punição.

Quem for condenado por crime de ódio terá a pena aumentada em, no mínimo, 1/6. Já o crime de intolerância, vai ter pena de um a seis anos de prisão, além de multa. Para o deputado, mais do que aumentar a pena para acabar com a impunidade é preciso também pensar em como estamos colaborando com uma sociedade mais fraterna. "Além de punições, é preciso criar uma cultura de paz na sociedade".

Apresentação - Edson Junior e Elisabel Ferriche