14/05/2019 07h00

Deputado afirma que endurecimento na legislação penal irá diminuir os números de violência no Brasil

Capitão Augusto acredita que uma das saídas para a mudança na lei penal depende do esforço conjunto entre executivo e legislativo para a aprovação do pacote anticrime, proposta enviada pelo ministro da Justiça, Sérgio Moro

O deputado Capitão Augusto, do PR de São Paulo, é presidente da Comissão de Segurança Pública. Em entrevista ao Painel Eletrônico ele repercutiu os dados do Monitor da Violência que mostram uma queda de 24% no número de assassinatos, no primeiro semestre deste ano, no Brasil.

O mapa mostra ainda que houve 10.324 mortes violentas no mesmo período. Para o deputado, os números continuam inaceitáveis, mas reconhece que foi a maior queda nos últimos anos, justificada principalmente pela mudança de governo e de postura em relação aos criminosos.

Ele cita ainda as mudanças na legislação penal, para endurece as penas, que é imprescindível para reduzir os crimes. Segundo ele, “O marginal precisa entender que o crime não compensa". O deputado Capitão Augusto defende que já está mais do que na hora de o poder público tomar uma atitude mais efetiva com relação ao combate ao crime como acabar com a política do encarceramento e a aprovação do pacote anticrime apresentado pelo ministro da Justiça Sergio Moro. Na opinião do deputado, o esforço deve ser conjunto entre executivo e legislativo, que "precisam ter o mesmo discurso para o benefício da população".

Apresentação - Edson Junior e Elisabel Ferriche