22/04/2019 09h53

Youtubers e influenciadores digitais podem ser reconhecidos como microempreendedores individuais

Projeto nesse sentido foi apresentado pelo deputado Eduardo Bismarck (PDT-CE), que explicou os principais pontos da proposta em entrevista ao Painel Eletrônico

Youtubers e influenciadores digitais de todo o Brasil podem ganhar espaço no mercado profissional. Projeto nesse sentido foi apresentado pelo deputado Eduardo Bismarck (PDT-CE). A ideia é possibilitar que eles se enquadrem como microempreendedores individuais (MEI).

Para o deputado, a medida pode também aproximar os youtubers de grandes agências de publicidade.

Em entrevista ao Painel Eletrônico, o deputado explicou os principais pontos da proposta, que pode ajudar quem trabalha nessa área a ter uma remuneração mais adequada.

Segundo Eduardo Bismarck, o projeto é uma proposta de campanha a pedido dos jovens youtubers de seu estado, muitos deles vivendo apenas de brindes de anunciantes. Com a aprovação do projeto, os jovens, como MEI, poderão emitir nota fiscal e se aproximar de grandes anunciantes, recebendo dinheiro, além dos produtos anunciados.

Para cada mil acessos, o YouTube ganha R$ 1 real. Para conseguir R$ 400, são necessárias 100 mil visualizações, o que não é fácil, na opinião do deputado Eduardo Bismark.

Apresentação - Edson Junior e Elisabel Ferriche