12/04/2019 09h15

Comissão externa acompanha crise socioambiental na região metropolitana de Belém

O problema decorre do fechamento do aterro sanitário de Marituba. Saiba os detalhes na entrevista do deputado Edmilson Rodrigues (Psol-PA) concedida ao Painel Eletrônico

Uma comissão externa de deputados chega hoje a Belém para fazer uma visita técnica ao aterro sanitário de Marituba. O anúncio do fim das atividades do aterro, no fim do mês que vem, provocou uma crise socioambiental na região metropolitana da cidade.

A preocupação ambiental é grande, já que 40 mil toneladas de lixo, por mês, vão ficar sem tratamento. O problema preocupa os parlamentares, que vão passar o dia de hoje em reunião com a comunidade e técnicos de órgãos envolvidos na solução do problema.

A comissão já conversou, nessa quinta-feira, com o governador do Pará, Helder Barbalho. Quem está coordenando os trabalhos da comissão e acompanha tudo de perto é o deputado Edmilson Rodrigues (Psol-PA), que abordou o tema em entrevista ao Painel Eletrônico.

O parlamentar propõe a manutenção da empresa no local, com o retorno do pagamento dos serviços. Porém, segundo Edmilson Rodrigues, a capacidade do local é pequena para armazenar todo o lixo produzido na região metropolitana, composta pelas cidades de Belém, Ananindeua e Marituba, e, nas reuniões já realizadas, a população reclama de doenças provocadas pelo lixo acumulado.

Apresentação - Edson Júnior e Elisabel Ferriche