04/04/2019 09h29

Deputados comentam proposta de reforma da Previdência e participação de Paulo Guedes em audiência na CCJ - Bloco 1

Ouça, em dois blocos, as entrevistas da deputada Talíria Petrone, do Psol do Rio de Janeiro (bloco 1), e do deputado Daniel Freitas, do PSL de Santa Catarina (bloco 2)

Em clima tenso, o ministro da Economia, Paulo Guedes, participou de audiência pública, na Comissão de Constituição e Justiça, para defender a proposta de emenda à Constituição que reforma o sistema previdenciário brasileiro.

O ministro afirmou que o atual sistema de repartição é um avião partindo para o mar sem combustível, com quatro bombas a bordo.

Para comentar as propostas do Executivo e a reunião da CCJ com o ministro, o Painel Eletrônico convidou a deputada Talíria Petrone (Psol-RJ); e o deputado Daniel Freitas (PSL-SC). Ouça a íntegra das entrevistas em dois blocos.

Para a deputada Talíria Petrone, o ministro não esclareceu como vai funcionar o sistema de capitalização prevista na reforma da Previdência, que não enfrenta as desigualdades como prometeu o governo. Segundo a deputada, se o problema é fiscal, como o disse o ministro, é preciso melhorar a distribuição de renda com uma reforma tributária, em que os lucros e dividendos possam ser tributados.

Já para o deputado Daniel Freitas, a reforma da Previdência é necessária e precisa ser entendida. Ele discorda que a Previdência vai apenar os mais pobres privilegiando os mais ricos, e afirma que essa mentira precisa ser desconstruída. O parlamentar disse que abriu mão da aposentadoria especial, como parlamentar, e que a hora é de sacrifício de todos. Ele elogiou a participação do ministro Paulo Guedes na Comissão de Constituição e Justiça e garante que o ambiente hoje é ideal para aprovar a reforma da Previdência.

Apresentação - Edson Júnior e Elisabel Ferriche