01/04/2019 09h57

Relator comenta medida provisória que cria a Região Metropolitana do Distrito Federal

José Nelto (Pode-GO) acredita que a aprovação da MP vai possibilitar mais segurança, educação de qualidade e melhor infraestrutura para a população da região

A comissão mista que analisa a medida provisória, de 2018, que cria a Região Metropolitana do Distrito Federal, realizou audiência pública, com a presença dos governadores do Distrito Federal, Ibaneis Rocha; de Goiás, Ronaldo Caiado, e de Minas Gerais, Romeu Zema.

A MP altera a lei que instituiu o Estatuto da Metrópole, que é de 2015. O relator da proposta, deputado José Nelto (Pode-GO), falou sobre a medida em entrevista ao Painel Eletrônico.

O deputado classifica como positiva a criação da Região Metropolitana do Distrito Federal, uma vez que ela dará uma atenção especial à população do entorno da capital, possibilitando mais segurança; educação de qualidade e melhor infraestrutura, como transporte público de qualidade e água tratada.

Ainda segundo o parlamentar, com a região metropolitana, os recursos federais serão melhor distribuídos. José Nelto cita o caso de Goiás, que tem uma arrecadação de R$ 26 bilhões para uma população de 7 bilhões de habitantes; enquanto o Distrito Federal, que tem 2,8 bilhões de habitantes, recebe do governo federal R$ 33 bilhões.

Antes de apresentar o relatório para votação, no próximo dia 23 de abril, o deputado José Nelto pretende ouvir os governadores dos estados envolvidos.

Apresentação - Edson Júnior e Elisabel Ferriche