29/03/2019 10h18

Câmara adere à Hora do Planeta e desligará luzes por 60 minutos neste sábado

Para falar sobre a importância da campanha e detalhar a participação do Legislativo, o Painel Eletrônico convidou Luiz Vicente Braga, coordenador-geral do EcoCâmara. Ouça a entrevista

Há doze anos, por meio de uma ideia bastante simples – apagar as luzes por uma hora - foi dado o ponta pé inicial de uma campanha internacional para sensibilizar governos e a população mundial sobre as questões climáticas, em especial para o aquecimento global.

O movimento, batizado de Hora do Planeta, começou de forma isolada, em Sydney, na Austrália, em 2007. Na época, a ação voluntária, coordenada pela organização não-governamental ambientalista WWF despertou o interesse de mais de dois milhões de pessoas, que desligaram as luzes por 60 minutos, enviando uma mensagem para o mundo sobre os riscos que o planeta corre provocados pelas mudanças climáticas. A iniciativa ganhou força e, em 2018, teve a participação de cidade e municípios em 188 países.

Na noite deste sábado, dia 30 de março, milhares de pessoas, em várias partes do mundo, vão celebrar, mais uma vez, seu compromisso com o planeta, desligando as luzes por uma hora.

O Legislativo também está engajado nessa campanha mundial e, para falar como vai ser a participação da Câmara, o Painel Eletrônico convidou Luiz Vicente Braga, coordenador-geral do EcoCâmara.

Segundo Vicente Braga, a grande adesão das pessoas ao movimento Hora do Planeta é sinal de que a população mundial está preocupada com as questões climáticas e seus impactos no meio ambiente e na vida das pessoas.

Apresentação - Edson Júnior e Elisabel Ferriche