27/03/2019 09h21

Deputados debatem repercussão da ausência de Paulo Guedes na CCJ e andamento da reforma da Previdência - Bloco 1

Ouça, em dois blocos, as entrevistas dos deputados Pedro Uczai (PT-SC), da oposição; e Coronel Tadeu (PSL-SP), da base governista. Ambos integrantes da Comissão de Constituição e Justiça

O ministro da Economia, Paulo Guedes, cancelou a ida à Comissão de Constituição e Justiça da Câmara, onde participaria de debate sobre a reforma da Previdência do governo Bolsonaro.

Diante da desistência e, após um acordo de líderes, a CCJ decidiu convidar o ministro novamente, para participar de uma audiência pública na quarta-feira da semana que vem. Caso ele desista de novo, vai ser, automaticamente, convocado pelo colegiado. Nesse caso, o ministro ficará obrigado a participar da reunião.

A ida do ministro à comissão era para detalhar pontos da proposta que vai mudar as regras das aposentadorias de trabalhadores da iniciativa privada e do serviço público, esclarecer dúvidas e pontos polêmicos entre os deputados – até mesmo os da base aliada –, além de explicar também a reforma previdenciária dos militares. Esse seria o primeiro encontro de Paulo Guedes em busca de apoio dos deputados.

A desistência do ministro da Economia gerou reações na Câmara. E, para falara sobre o assunto, o Painel Eletrônico convidou os deputados Pedro Uczai (PT-SC), da oposição; e Coronel Tadeu (PSL-SP), da base governista. Os dois parlamentares são integrantes da Comissão de Constituição e Justiça.

Apresentação - Edson Júnior e Elisabel Ferriche