07/03/2019 09h31

Deputado comenta projeto que susta atos do Ministério da Agricultura relativos a agrotóxicos

Em entrevista ao Painel Eletrônico, Alexandre Padilha (PT-SP) falou sobre o projeto de decreto legislativo, de autoria dele, que suspende atos expedidos este ano e que concedem registros para novos produtos com agrotóxico

Segundo o deputado Alexandre Padilha (PT-SP), os atos do Ministério da Agricultura são um retrocesso na luta pelo uso racional de agrotóxicos no país. Só em 2018, foram aprovados 450 registros desse tipo de produto, o maior número em menos de 13 anos, e, segundo o parlamentar, somente nos dois meses do governo Bolsonaro, já foram feitos 60 registros, o que Alexandre Padilha considera "assustador".

O deputado acredita, no entanto, que é possível conciliar meio ambiente e cultivo agrícola, desde que sejam reforçados os mecanismos de regulação para que haja menos impacto para a saúde da população.

Na entrevista, o deputado Alexandre Padilha se disse otimista quanto a aprovação da proposta, mas que, para isso, serão necessários uma mobilização popular e um amplo trabalho de divulgação.

Apresentação - Elisabel Ferriche e Marcio Achilles Sardi